Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 28 de Janeiro de 2021

Sidrolandia

Ex-prefeito de Sidrolândia morre aos 74 anos em Campo Grande

O prefeito em exercício, Ilson Peres de Souza, ainda não comunicou se vai decretar luto oficial pela morte do ex-prefeito.

Marcos Tomé/Região News

07 de Janeiro de 2013 - 21:32

O ex-prefeito de Sidrolândia, João Lemes de Souza, morreu na tarde desta segunda-feira em Campo Grande de morte natural aos 74 anos. Seu corpo esta sendo velado na capital e será sepultada em horário a ser definido nesta terça-feira (08/01) no cemitério Parque da Primavera. Prefeito eleito por três mandados, João Lemes governou o município por 13 anos.

De 1973 a 1977, foi eleito para exercer seu primeiro mandato, de lá pra cá, em 1983 novamente retornou ao poder e governou Sidrolândia por 5 anos. Sua última passagem pela administração pública se deu de 1993 a 1996. Ao longo do período em que esteve à frente da gestão pública realizou grandes feitos. Até hoje é considerado por muitos, como sendo um grande tocador de obras.

Por suas mãos foram realizadas obras importantes à frente da prefeitura. Obras como a construção das escolas Natalia Morais de Oliveira, Porfiria Lopes do Nascimento, Valério Carlos da Costa, Pedro Aleixo, o prédio da Delegacia de Polícia Civil, além da abertura da Avenida Antero Lemes de Souza (Avenida Brasil), considerada um dos cartões postais do município.

João Lemes, após ter sido “banido da política sidrolandense”, quando não conseguiu emplacar seu candidato à sucessão em 1996, Paulo Atílio Pereira, que perdeu a eleição para Enelvo Felini, se refugiou na capital. Em 2000, uma tentativa frustrada de retornar ao poder pôs fim definitivamente a sua carreira política.

Em 2004 João Lemes perde a esposa, Dona Elcinda Golsalves de Souza, que morre aos 60 anos de idade. Solitário e levando uma vida pacata de um cidadão comum, começa a sentir os sintomas de estar fora do mundo político e passa a dar lugar à depressão. João Lemes era facilmente encontrado sentado em um dos bancos de descanso instalados na portaria do Supermercado Extra, na capital.

Quem o conheceu prefeito em Sidrolândia, dificilmente reconheceria naquele homem um cidadão com tamanha agenda de serviços prestados. O prefeito em exercício, Ilson Peres de Souza, ainda não comunicou se vai decretar luto oficial pela morte do ex-prefeito.