Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 19 de Junho de 2024

Sidrolandia

Família de quadrigêmeas indígenas ganha casa em Anastácio, MS

Os avós das quadrigêmeas vão ficar na casa, que ainda não está pronta, até que as netas tenham alta e que a família volte para Anastácio

G1 MS

11 de Novembro de 2014 - 16:21

A família das quadrigêmeas indígenas, que continuam internadas em uma maternidade, em Campo Grande, ganhou uma casa na cidade de Anastácio. A residência fica em um conjunto habitacional popular no bairro Altos da Cidade. São dois quartos, sala, cozinha e banheiro.

Os avós das quadrigêmeas vão ficar na casa, que ainda não está pronta, até que as netas tenham alta e que a família volte para Anastácio. A mudança foi feita no início da última semana. Eles levaram tudo o que restou do barraco de madeira onde o pai, a mãe e os quatro irmãos das quadrigêmeas moravam.

O barraco ficava em um uma área ocupada, próxima a BR-262. O local foi roubado três vezes durante o tempo em que a mãe, Denir, e o pai, Odair, ficaram com as recém-nascidas no hospital. Na última vez, levaram mantimentos, doações de compra e de roupa, pedaços de madeira da parede e até partes do telhado.

Há mais de um mês, os pais  “moram” na maternidade onde as meninas estão internadas e acompanham o ganho de peso delas.

A casa tem 36 metros quadrados. Segundo a prefeitura, o local será entregue, definitivamente, com calçada na frente, luz, água e drenagem, No conjunto serão 759 moradias com um centro comunitário, uma creche, uma escola e um posto policial.

A obra pertence ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal. O conjunto habitacional deve custar R$ 36 milhões.