Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 21 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Fátima do Sul comemora hoje seus 50 anos de emancipação política administrativa

Em 31 de Agosto de 1.963, foi criada a paróquia de Vila Brasil, tendo como primeiro vigário o Padre Amadeu Amadori, coadjunto do Padre José Pascoal Busato.

Fátima News

09 de Julho de 2013 - 15:00

O Município de Fátima do Sul que completa hoje, terça-feira (09) de Julho, seus 50 anos de Emancipação Política Administrativa, teve sua origem no decreto nº 3.059 de 14 de Fevereiro de 1941, do Presidente da República Dr. Getúlio Dornelles Vargas, criando a Colônia Agrícola Federal de Dourados, subordinada ao Ministério da Agricultura, posteriormente denominada Colônia de Dourados, com a finalidade de dividir uma extensa área de terra em lotes rurais de 30 hectares, cada um com um fim específico de oferecer um pedaço de chão à pequenos lavradores onde pudessem trabalhar e tirar o sustento de suas famílias.

Fátima do Sul surgiu no início dos anos 1950, com uma aglomeração de famílias de migrantes que chegavam de todas as partes do país à CAND em busca de terra para plantar e se dirigiam para seu interior, até encostar à barranca do rio Dourados, margem esquerda, lugar denominado à época de Porto Ubatuba. Ali mulheres e crianças ficavam em casas improvisadas, dando margem para a formação de uma vila, enquanto seus genitores atravessavam o respectivo rio e demarcavam suas terras por iniciativa própria. O primeiro nome do povoado, foi Vila Brasil, nome sugerido pelo Frei Frederico Miés, que veio para celebrar a 1ª missa.

Na ânsia de intensificar e aprofundar a colonização, Vila Brasil não tinha mais condições de abrigar a sua crescente população, no dia 09 de Julho de 1954, 450 (quatrocentos e cinqüenta) homens aproximadamente, resolveram contra a vontade da administração do Núcleo Colonial de Dourados, invadir a margem direita do Rio Dourados, e fazendo algumas marcações de lotes rurais, cortaram por conta própria e doaram para aqueles que se dispusessem a construir sua casa em 90 dias; com isso, concretizou-se a humanização da margem direita do Rio Dourados.

Em 1963 é iniciado um movimento visando a emancipação do distrito de Vila Brasil, com a finalidade elevá-lo á Município. Formou-se uma comissão sob a Presidência do Sr. José Alves da Silva e composta pelos Srs. Elpídio Dias de Souza, Antonio Granja de Souza, o médico Blasco Miranda de Ourofício e Sr. João Castro Ribeiro, conhecido popularmente por João Piauí, munidos de um anteprojeto contendo os limites do futuro município, dados estatísticos, renda, população etc.

Em 11 de Junho de 1.963 a comissão seguiu com destino a Cuiabá, onde mantiveram contato com a Assembléia Legislativa, fazendo exposições e justificando a necessidade de concretizar os anseios da população do Distrito de Vila Brasil, salientando as dificuldades então existentes, devido a necessidade de deslocamento à cidade de Dourados, para efetuarem suas transações bancárias com vista a empreendimentos financeiros para aumento das atividades agro-pecuárias.

Em 31 de Agosto de 1.963, foi criada a paróquia de Vila Brasil, tendo como primeiro vigário o Padre Amadeu Amadori, coadjunto do Padre José Pascoal Busato.

A comissão pela emancipação política administrativa do Distrito de Vila Brasil, viu coroado de êxito os seus incessantes trabalhos em 11 de Dezembro de 1.963, com a promulgação da Lei 2.057 pela qual é elevada a categoria de Município.Em 11 de Fevereiro de 1.965, o Município de Vila Brasil passou a chamar-se oficialmente Fátima do Sul, após plebiscito realizado com vários nomes para escolha da população.

Fátima do Sul situa-se atualmente na região Centro-Oeste do país, estado de Mato Grosso do Sul e possui um índice populacional, segundo o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2000, de 19.111 habitantes, sendo 16.280 na zona urbana e 2.831 na zona rural. É atualmente um dos menores municípios do estado em extensão territorial com uma área de 315,24 km², representando 0,09% do estado. Pertence à microrregião Campos de Vacaria e Mata de Dourados, localizada na região sul do estado de Mato Grosso do Sul.