Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 17 de Junho de 2024

Sidrolandia

Frigorífico descumpre lei trabalhista e terá de doar carne por 8 anos em MS

Uol

31 de Agosto de 2012 - 11:00

Por descumprir regras trabalhistas por dois anos, o frigorífico JBS, unidade de Campo Grande (MS), terá de destinar R$ 5 milhões em bens e doações mensais de carne a 22 entidades públicas e filantrópicas a partir de outubro deste ano até 2020.

O acordo, firmado nesta terça-feira (28) e anunciado ontem (30), entre a empresa e o Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso do Sul foi feito por meio de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta). O compromisso era tratado desde abril deste ano.

A assessoria de imprensa do MPT-MS informou que os valores foram calculados em um comparativo de multas aplicadas contra a empresa por descumprimento de obrigações relacionadas à jornada e à concessão de intervalos em duas unidades frigoríficas.

O acordo determina que o frigorífico entregue oito caminhonetes que serão usadas como carros da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Rodoviária Estadual, Polícia Militar Ambiental e Exército. Quatro viaturas devem ser destinadas à Secretaria Regional do Trabalho e Emprego, que deve ocupar os veículos em fiscalizações de combate ao trabalho escravo.

Pelo combinado com o MPT, o frigorífico não deve doar dinheiro, apenas disponibilizar os veículos, suprimentos de informática, e distribuir carne no valor de R$ 3 milhões a entidades indicadas pelo órgão.

Procurado pela reportagem, o frigorífico não se manifestou sobre o teor do acordo.