Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 5 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Governador admite que equipe estuda vender parte das ações da Sanesul

Puccinelli frisou que após a recuperação das finanças da empresa, que voltou a registrar lucros por anos consecutivos, foi fundamental para mantê-la nas mãos do Estado

Campo Grande News

14 de Agosto de 2013 - 10:53

O governador André Puccinelli (PMDB) admitiu, na manhã desta quarta-feira (14), que estuda a venda de parte das ações da Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul). No entanto, a proposta ainda não tem prazo para ser concretizada. Criada há 34 anos, a empresa tem patrimônio líquido de R$ 300 milhões e a venda de 49% das ações pode render em torno de R$ 150 milhões aos cofres públicos.

Segundo o governador, a equipe ainda está avaliando a possibilidade de levar a estatal, que tem a concessão dos serviços de água e esgoto em 68 municípios de Mato Grosso do Sul. O faturamento no ano passado foi de R$ 244,7 milhões, com lucro líquido de R$ 109,3 milhões.

Puccinelli frisou que após a recuperação das finanças da empresa, que voltou a registrar lucros por anos consecutivos, foi fundamental para mantê-la nas mãos do Estado. A Sanesul recuperou o poder de investimento e até de obter empréstimos para viabilizar os investimentos em saneamento básico no interior do Estado.

Para vender a Sanesul, o Governo precisa ter o aval da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. O projeto, segundo o governador, não tem prazo para ser enviado nem de quando parte das ações da concessionária serão leiloadas.