Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 24 de Junho de 2024

Sidrolandia

Ibama flagra desmatamento e extração de madeira no Parque Nacional da Bodoquena

As equipes contam com apoio do helicóptero do Ibama para identificar ilícitos como desmatamento, exploração florestal e uso de fogo ilegal

Correio do Estado

13 de Novembro de 2014 - 15:57

Com objetivo de identificar crimes ambientais na terra indígena Kadiwéu e nas áreas de entorno como o Parque Nacional da Serra da Bodoquena, o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) realiza operação, durante o período de 10 a 15 de novembro.

As equipes contam com apoio do helicóptero do Ibama para identificar ilícitos como desmatamento, exploração florestal e uso de fogo ilegal. A área indígena possui mais de 500 mil hectares. Também serão realizados sobrevoos nas áreas de banhados do rio Formoso e Prata e na área do Parque Nacional da Serra da Bodoquena.

As equipes do Ibama já identificaram fogo ilegal e extração de madeira dentro da área indígena, além de desmatamentos ilegais em áreas de entorno da Reserva Indígena Kadiwéu, que serão autuadas e embargadas.

A ação denominada Guaicurus envolve oito servidores do Ibama e conta com apoio da Fundação Nacional do Índio (Funai), Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBIO) e Ministério Público Estadual de Bonito.