Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 8 de Maio de 2021

Sidrolandia

Imasul e WWF Brasil promovem ação de biodiversidade no Parque das Várzeas do Rio Ivinhema

De acordo com termo, uma das ações é a promoção da biodiversidade por meio da observação de aves no Parque.

Notícias MS

17 de Fevereiro de 2017 - 15:49

Na quinta-feira (16), durante a primeira reunião ordinária de 2017 do Conselho Consultivo do Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema (PEVRI), foi iniciada uma etapa do termo de cooperação técnico-científica firmado entre o Instituto de Meio Ambiente de Mato Groso do Sul (Imasul) e a ong WWF-Brasil para a realização de projetos, estudos,  pesquisas , capacitação de pessoal voltadas à conservação da biodiversidade,  especialmente para as Unidades de Conservação estaduais e demais áreas protegidas de Mato Grosso do Sul.

De acordo com termo, uma das ações é a promoção da biodiversidade por meio da observação de aves no Parque. Para auxiliar nesse intuito, foram confeccionadas placas com estrutura de metal em ACM, com impressão direta. As ilustrações são da artista plástica e designer gráfica Lídia Coimbra e a supervisão do conteúdo técnico foi feito pelo Instituto Mamede. O secretário adjunto da Semade, Ricardo Senna, participou da reunião no Parque representando o secretário Jaime Verruck, diretor-presidente do Imasul.

Durante a reunião, Ricardo Senna, propôs que seja aberto um para concessão do uso público do Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema. “As unidades de conservação são instrumentos que podem aliar a conservação ambiental com as oportunidades de geração de emprego e renda. Além de oferecer beleza cênica, preservação da biodiversidade, temos a oportunidade de estruturar nossos parques para receber visitação pública, estimulando o turismo doméstico e sensibilizando a população para as necessidades de conservação”, afirmou.

Também foram recebidas as reivindicações dos prefeitos dos três municípios que integram a área do Parque: Eraldo Jorge Leite (Jateí), Izauri Macedo (Naviraí) e Roberto Nem (Taquarussu), que solicitaram a melhoria do acesso ao local. O gestor do Parque, Reginaldo Oliveira, apresentou a Ricardo Senna a proposta elaborada pela Câmara Temática de Turismo para o fomento da atividade no local. Ao gerente de unidades de Conservação do Imasul, Leonardo Tostes Palma, foi entregue a proposta do programa de voluntariado do PEVRI.

Participaram da reunião, a gestora do Parque Estadual Matas do Segredo, Ana Cristina Bergler e demais conselheiros.