Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 30 de Outubro de 2020

Sidrolandia

Incra de Dourados é ocupado por 450 famílias do MST

A ocupação só termina quando receberem garantias de entrega de várias áreas já autorizadas para a distribuição aos assentados em Mato Grosso do Sul

Dourados Agora

18 de Agosto de 2014 - 10:43

Mais de 450 famílias ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais SemTerra (MST) ocuparam esta manhã a sede do Incra em Dourados. Eles montaram barracas na calçada e, segundo o assentado que se identificou apenas como "Lando", eles estão utilizando as dependências do Incra.

A ocupação só termina quando receberem garantias de entrega de várias áreas já autorizadas para a distribuição aos assentados em Mato Grosso do Sul.

Lando conversou há pouco com o Douradosagora e disse que eles reivindicam áreas localizadas na região de Furnas, Córrego Fundo, Salto do Céu, todas em Casa Verde, município de Nova Andradina.

Também cobram áreas em Antônio Irmão, região de Itaquirai, no Dorcelina Folador, em Dois irmãos do Buriti, entre outros, incluindo em Batayporã, onde Lando reside com familiares.

Lando, que é assentado desde o ano de 1996, diz que o objetivo da ocupação ao Incra de Dourados é acelerar o processo de entrega dos lotes aos assentados que amargam longa espera pela terra, no Mato Grosso do Sul.

O grupo que chegou em quatro ônibus e vários carros, está disposto e enfrentar dias de sol, chuva, escassez de suprimentos para obter uma resposta positiva por parte do Incra. "Não temos prazo para desocupar, ficamos até a situação se resolver", diz Lando.