Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 24 de Junho de 2024

Sidrolandia

Latino deve ir à Justiça em 10 dias

Acusado de estuprar adolescente em 2007, cantor diz ser inocente

O Dia Online

30 de Julho de 2010 - 10:56

O cantor Latino deve ser intimado nos próximos dias para falar sobre o processo no qual é acusado de estupro. O advogado dele, Bruno Gomes, disse ter informado à 19ª Vara Criminal do Rio o atual endereço do artista, para que o réu apresente esclarecimentos, uma espécie de defesa prévia, o que deve acontecer em até 10 dias.

O cantor está sendo acusado de ter violentado uma menina em 2007 — época em que ela tinha apenas 13 anos—, após um show na cidade de Liberdade, em Minas Gerais. Latino nega as acusações.

Ainda ontem, o advogado do cantor enviou um colega a Minas Gerais e tomou conhecimento da queixa-crime. “Ele me passou as informações por telefone, mas ainda não tive acesso ao processo, o que deve acontecer amanhã (hoje). Sabemos que a menina alega ter uma foto com Latino, mas isso não quer dizer nada. Muitos fãs dele também têm. Queremos esclarecer esse caso o mais rápido possível, pois Latino é inocente”, disse Gomes.

O suposto crime de Latino teria ocorrido na cidade mineira de Liberdade |

A queixa-crime foi protocolada no Tribunal de Justiça de Minas Gerais no dia 24 de janeiro de 2008, mas só no dia 9 de junho a Justiça mineira enviou carta precatória ao TJ-RJ solicitando a intimação de Latino, que não era localizado porque já não residia nos endereços fornecidos pelo TJ-MG.