Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 8 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Longen reforça Senai Educa em 46 cidades com 269 cursos para atingir 67 mil vagas

O presidente da Fiems fez a entrega dos 80 containers salas de aula adquiridos nesta sexta-feira

Daniel Pedra/Assessoria

24 de Agosto de 2013 - 08:19

Com a aquisição de 80 containers salas de aula, o Senai Educa, maior programa de formação profissional de Mato Grosso do Sul, ganha um reforço estratégico para ampliar o acesso aos 269 cursos gratuitos de qualificação profissional oferecidos em 46 municípios, totalizando 67.602 vagas. “Vamos ampliar a formação profissional nas regiões de Mato Grosso do Sul onde o Senai não conta com infraestrutura física para oferecer cursos. Dessa forma vamos enfrentar a falta de mão de obra qualificada”, declarou o presidente da Fiems, Sérgio Longen, ao fazer, nesta sexta-feira (23/08), no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco, em Campo Grande (MS), a entrega oficial dos novos ambientes de ensino do Senai.

Dos 80 containers adquiridos para o Senai Educa, 21 têm capacidade para 40 alunos cada, enquanto 14 podem receber até 20 alunos cada, 5 vão servir de laboratórios de informática com capacidade para 16 alunos cada, outros 10 containers são multifuncionais, servindo tanto para sala de aula, quanto para laboratório, e os 30 restantes são almoxarifados. “Por meio dessa nossa nova ferramenta de qualificação, vamos criar uma base regional de mão de obra capacitada e esse estoque de profissionais vai suprir as necessidades das indústrias instaladas no Estado”, declarou Sérgio Longen.

Ele também destacou que os containers também vão reforçar a oferta de cursos de formação profissional do Senai nos bairros de Campo Grande onde é executada um ação em conjunto com as Associações de Moradores desde 2011. “Agora vamos melhorar as condições para o aprendizado, porque os containers são climatizados, têm acústico adequado e contam com toda a estrutura de uma sala de aula moderna”, esclareceu, completando que para a Capital serão disponibilizados 24 containers salas de aulas, 4 para cada uma das regiões Imbirussu, Lagoa, Segredo, Prosa, Bandeira e Anhanduizinho.

Para este ano, o Senai Educa ofertou 67.602 vagas e, até julho deste ano, 44.115 delas já foram preenchidas, ou seja, 65,25%, restando ainda 23.487 vagas distribuídas pelas cidades de Água Clara, Amambai, Anastácio, Angélica, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Bandeirantes, Bataguassu, Batayporã, Brasilândia, Caarapó, Campo Grande, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Deodápolis, Dourados, Eldorado, Glória de Dourados, Inocência, Ivinhema, Jardim, Ladário, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranaíba, Paranhos, Ponta Porã, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Verde, Santa Rita do Pardo, São Gabriel do Oeste, Selvíria, Sidrolândia, Sonora, Terenos e Três Lagoas.

Na região norte do Estado, das 2.843 vagas ofertadas, 1.199 já foram preenchidas, restando 1.644 ou 57,83% do total, enquanto na região sul foram oferecidas 21.698 vagas e preenchidas 12.660 vagas, sobrando 9.038 vagas ou 41,66%. Já na região leste foram disponibilizadas 10.195 vagas e preenchidas até julho deste ano 6.375, restando 3.820 vagas ou 37,47%, e, na região oeste, foram oferecidas 8.749 vagas e preenchidas 8.011, restando 738 vagas ou 8,44%. Na região central, das 24.117 vagas ofertadas, 15.870 já foram preenchidas, restando 8.247 vagas ou 34,20%.

Formatura

Ainda durante a solenidade de entrega dos novos ambientes de ensino do Senai, foi realizada a formatura de 1.452 alunos do Ação Fiems Campo Grande, programa que leva os cursos gratuitos de inclusão digital do Sesi e de qualificação profissional do Senai aos bairros da cidade. Do total de formandos, 939 receberam os certificados em 11 cursos do Senai -  costureiro Industrial, eletricista predial de baixa tensão, encanador, instalador de forro PVC, instalador de linhas e equipamentos telefônicos, mecânico de manutenção em motocicletas, mecânico de motores de automóveis, montador de móveis, operador de máquina de corte, pedreiro e pintor de obras -, enquanto 513 receberam os certificados em 2 cursos do Sesi – informática básica e informática avançada.

De janeiro a julho deste ano, o Programa já recebeu 3.479 matrículas, das quais 2.436 em cursos do Senai e 1.043 em cursos do Sesi. “A nossa meta é encerrar o ano com 7.500 matrículas em 19 cursos do Sesi e Senai distribuídos por 6 regiões de Campo Grande – Imbirussu, Segredo, Lagoa, Anhanduizinho, Prosa e Bandeira”, informou o presidente da Fiems, completando que desde a criação do Ação Fiems até julho deste ano já foram beneficiados 8.713 pessoas em 20 cursos. Além disso, completou, para este segundo semestre foram contratados agentes de qualificação para atuar em cada uma das 6 regiões atendidas, capitando interessados nos cursos.

A moradora do Bairro Nova Lima, Sandra Regina Correa Farias, 40 anos, que concluiu o curso de pintor de obras, disse que a formação profissional lhe ajudou a ingressar no mercado de trabalho. “Antes não tinha uma profissão e hoje estou trabalhando graças ao Senai, que me deu a chance de ganhar conhecimento e prática", disse. O morador do Bairro Los Angeles, Cícero Vieira Melo, 48 anos, é concluinte do curso de mecânica de automóveis e está satisfeito com a nova formação. "Comecei o curso no Ação Fiems e hoje já estou exercendo minha profissão em uma oficina. Ganhei aprendizado e já estou fazendo o curso de mecânica de moto que vai complementar ainda mais", afirmou.

O curso de pintor de obras rendeu bons frutos ao morador do Bairro Nova Lima, Joaquim Barros Neto, 46 anos, que se formou no curso de pintor. "Foi estudante à noite e trabalhando durante o dia que consegui aumentar a renda da família e garantir mais conforto para nós", falou. Antônio Marcos de Arruda Marques, 24 anos, é concluinte do curso de mecânico de motor a diesel e morador do Bairro Nova Campo Grande. "Não tinha condições de pagar um curso e o Ação Fiems chegou ao bairro trazendo qualificação gratuita. Foi muito bom", contou.

Para as lideranças dos bairros beneficiados pelo Programa, a entrega dos containers vai reforçar ainda mais a presença do Sistema Fiems nos bairros de Campo Grande. O presidente da Associação de Moradores do Bairro Jardim Aeroporto, Élvis Rangel, lembrou que, em um ano de Ação Fiems, foram formados 800 moradores na região. “A Fiems está fazendo o que o poder público deveria ter feito, que é aumentar a estrutura de formação profissional”, disse.

Na avaliação da presidente da Associação de Moradores do Coophavila II, Maria Bernadete Carvalho, o Ação Fiems ganha mais força com os containers, podendo aumentar a descentralização dos cursos de formação profissional. “Esses cursos estão contribuindo para melhorar a autoestima dos moradores”, reforçou. Já o presidente da Associação de Moradores do Bairro Aero Rancho IV, Iris Pires, lembrou que o Programa só proporcionou melhorias para a região e agora vai avançar ainda mais.

Ao fim da cerimônia de formatura, os formandos foram presenteados com um show do Nerso da Capitinga, personagem do humorista Pedro Bismarck, que animou a plateia com um grande repertório de piadas. Ele também recebeu o seu diploma honorário de costureiro industrial feito no Programa Ação Fiems depois de exigi-lo da organização do Programa.