Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 19 de Maio de 2024

Sidrolandia

Mano estabelece 2011 para volta da "velha guarda" da seleção brasileira

Treinador disse que primeiras convocações servirão para ter muito mais novatos e que os atletas que disputaram o Mundial de 2010 serão mais lembrados a partir do próximo ano

Abril

20 de Agosto de 2010 - 13:45

O número de jogadores que disputaram a Copa do Mundo de 2010 já aumentou no raio de observação de Mano Menezes. O técnico da seleção brasileira convocou cinco atletas do time de Dunga, nesta sexta-feira, para um período de treinos na Espanha, mas já avisou que só no próximo ano a equipe terá mais nomes que jogaram na África do Sul.

"Chegará o momento em que haverá o encontro com mais gente do grupo da Copa. Mas isso vai ter mais ênfase no próximo ano. Nesse começo de trabalho, vamos ter um número muito maior de gente nova", afirmou
Mano Menezes, em entrevista coletiva, logo depois do anúncio de sua segunda convocação à frente da seleção brasileira.

Leia mais notícias de Esportes no Abril.com

Em sua primeira lista, para o amistoso contra os
Estados Unidos, no último dia 10, Mano chamou quatro atletas que disputaram o Mundial -o lateral Daniel Alves, o zagueiro Thiago Silva, o volante Ramires e o atacante Ramires. O goleiro Gomes foi o novo nome acrescentando em relação aos jogadores que foram à Copa com Dunga.

Enquanto isso, jogadores de maior renome e experiência na seleção seguem sem a lembrança do novo treinador. Destaques do time de
Dunga, como o goleiro Júlio César, o lateral-direito Maicon, os zagueiros Lúcio e Juan e o atacante Luís Fabiano, terão de aguardar uma próxima convocação.

A opção por levar jogadores ainda pouco conhecidos com a camisa da
seleção brasileira tem uma justificativa simples para Mano. O treinador quer observá-los para avaliar o comportamento deles no cotidiano da equipe nacional.

"Vamos continuar conhecendo jogadores no dia-a-dia. Dá para ter uma noção vendo atuar em seus clubes. Mas conhecer bem é só no dia-a-dia. É trabalhar passando orientações e ver como eles assimilam e como se comportam. E é dessa maneira que o trabalho vai ser conduzido", complementou o treinador.

Na segunda lista, Mano manteve a base de sua primeira convocação, chamando todos os "estrangeiros" que estavam na equipe -a exceção é o meia-atacante Ederson, que está contundido. Entre as novidades do técnico estão os meio-campistas Fernandinho e Douglas Costa, do Shakhtar Donetsk, Philippe Coutinho, da
Inter de Milão.

Confira a lista dos convocados:

GOLEIROS
Diego Alves (Almería-ESP)
Gomes (Tottenham-ING)

ZAGUEIROS
Alex Costa (Chelsea-ING)
David Luiz (Benfica-POR)
Henrique (Racing Santander-ESP)
Thiago Silva (Milan-ITA)

LATERAIS
André
Santos (Fenerbahce-TUR)
Daniel Alves (Barcelona-ESP)
Marcelo (Real Madrid-ESP)
Rafael (Manchester United-ING)

MEIO-DE-CAMPO
Sandro (Tottenham-ING)
Lucas (Liverpool-ING)
Hernanes (Lazio-ITA)
Ramires (Chelsea-ING)
Carlos Eduardo (Hoffenheim-ALE)
Douglas Costa (Shakhtar Donetsk-UCR)
Fernandinho (Shakhtar Donetsk-UCR)
Philippe Coutinho (Inter de Milão-ITA)

ATACANTES
Alexandre Pato (Milan-ITA)
André (Dynamo de Kiev-UCR)
Hulk (Porto-POR)
Robinho (Manchester City-ING)