Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 1 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Ministério lança na sexta nova campanha de desarmamento

Ainda conforme informações do Ministério, a campanha estava prevista para junho, mas foi antecipada após a tragédia na escola do Realengo, do Rio de Janeiro

Campo Grande News

02 de Maio de 2011 - 15:11

O Ministério da Justiça lança, na sexta-feira, nova campanha nacional de desarmamento. Uma das novidades desta edição é a inutilização da arma já no ato da entrega e a ampliação dos postos de recolhimento.

Posteriormente, elas serão encaminhadas à Polícia Federal para o descarte total, que poderá ser feito por meio da queima em fornos industriais de alta temperatura.

Segundo informações do Ministério da Justiça, quem entregar as armas não precisará fornecer dados pessoais e receberá, na hora, um protocolo para sacar a indenização em uma agência do Banco do Brasil.

Os valores da indenização podem variar de R$ 100 a R$ 300, de acordo com o tipo da arma. Outra novidade é a garantia do anonimato a quem se dispuser a entregar sua arma de fogo, já que não são exigidos dados pessoais nem para a indenização.

Ainda conforme informações do Ministério, a campanha estava prevista para junho, mas foi antecipada após a tragédia na escola do Realengo, do Rio de Janeiro. A pasta deve investir R$ 10 milhões em ações para o recolhimento das armas e pagamento de indenizações.

Nas duas campanhas anteriores foram recolhidas cerca de 550 mil armas, número que o Ministério e as instituições parceiras esperam superar neste ano.