Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 29 de Janeiro de 2022

Sidrolandia

Ministério Público investiga funerárias por atuarem como taxis clandestino

O promotor Humberto Lapa Ferri vai notificar os representantes das empresas e solicitará os alvarás de funcionamento.

Flávio Paes/ Região News

18 de Maio de 2011 - 17:23

A partir da denúncia de quatro  taxistas, a 1ª Promotoria de Justiça de Sidrolândia instaurou procedimento de investigação  contra  duas empresas de serviços funerários estabelecidas  na cidade – a Pax Bom Jesus e a Pax Brasil Med -   que estariam atuando de forma clandestina no transporte de passageiros, inclusive de quem não é associado aos seus planos de serviços funerários.

O promotor Humberto Lapa Ferri vai notificar os representantes das empresas e solicitará os alvarás de funcionamento.

No último dia 29 de março, os taxistas Elio Jardim Gomes, Antônio Carlos da Silva, Edilson de Matos Vieira e Célio Roberto Duarte, denunciaram na Promotoria que a Pax Bom Jesus e a Pax Brasil Med estão atuando de forma irregular no transporte de passageiros, fazendo lotações, cobrando entre R$ 5,00 e R$ 8,00, pelas corridas para levar essas pessoas à farmácias, festas, supermercados, rodoviária, serviço que é uma permissão municipal outorgada aos taxistas que são prejudicados com esta concorrência irregular que deveria ser fiscalizada pelo município.