Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 25 de Fevereiro de 2024

Sidrolandia

Movimento ainda é tímido no comércio para as vendas de Natal

Para o trabalhador de indústria metalúrgico, Alysson dos Santos Galeano, 27 anos, tem muita gente no centro neste final de ano, mas poucas comprando.

Campo Grande News

14 de Dezembro de 2012 - 16:10

Apesar do 13º salário dos servidores estaduais ter saído hoje o movimento no comércio para as vendas de fim de ano ainda é tímido. No centro de Campo Grande o que se vê é muita gente nas lojas, porém com poucas sacolas de compras. O setor de alimentos é o que mais comemora com as vendas até agora.

A maioria das pessoas preferiu pagar as contas com o dinheiro extra de final de ano ou aproveitar para tirar o nome que estava com algum tipo de restrição para começar o próximo ano sem dívidas.

Para o trabalhador de indústria metalúrgico, Alysson dos Santos Galeano, 27 anos, tem muita gente no centro neste final de ano, mas poucas comprando. “Tem mais gente nas lojas de roupas e eletrodomésticos”, disse com uma sacola de uma loja de eletrodomésticos em mãos.

Quem aproveitou o dinheiro extra para pagar as contas, foi a babá Cecília Morais de Ribeiro, 50 anos. Ela disse que com a primeira parcela quitou as dividas e a segunda vai aproveitar para fazer compras. “Não costumo vir muito ao Centro, hoje aproveitei para trocar um presente ”, afirma.

Para quem trabalha no comércio no começo é meio tímido as vendas aumentam um pouco antes do Natal. A vendedora de uma loja de roupas, Nicole de Oliveira, 28 anos, disse que as pessoas comparam os preços para depois comprar.

Apesar dela está confiante nas vendas, ela conta que no ano passado na mesma época as pessoas já estavam gastando. “A loja aumentou o estoque, mas até agora não vendemos o esperado”, destaca.

Já o gerente de uma lanchonete no Centro Thiago Riquelme, 29 anos, comemora as vendas e afirma que já contratou dois mais funcionários. “Normalmente a gente fechava a loja às 19h e agora estamos indo até às 21h. A semana que vem o movimento deve aumentar ainda mais”, comemora.