Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 30 de Outubro de 2020

Sidrolandia

MS fecha fevereiro com 31 focos de ferrugem asiática registrados

Segundo o consórcio, o maior número de casos registrados no estado ocorreu em lavouras do município de Chapadão do Sul, na região norte do estado, com 21 focos

Agrodebate

06 de Março de 2014 - 07:39

Mato Grosso do Sul encerrou o mês de fevereiro contabilizando 31 focos de ferrugem asiática descobertos nas lavouras de soja da safra 2013/2014. Os dados são do Consórcio Antiferrugem, uma parceria público privada voltada para o combate a doença.

Segundo o consórcio, o maior número de casos registrados no estado ocorreu em lavouras do município de Chapadão do Sul, na região norte do estado, com 21 focos. Na sequência aparecem  Camapuã e Costa Rica, com três cada, Bandeirantes com dois, e Dourados e Maracaju com uma notificação cada.

Em âmbito nacional, Mato Grosso do Sul continua a ocupar a quinta posição entre os estados com o maior número de focos da doença neste ciclo. Em primeiro vem Goiás, com 106, depois o Rio Grande do Sul, com 70, Mato Grosso, com 59 e o Paraná, com 53.

O número de casos registrados de ferrugem asiática no estado no levantamento parcial da safra que contabiliza dados até o encerramento de fevereiro, quase igualou a quantidade contabilizada em Mato Grosso do Sul em todo o ciclo 2012/2013, que foi de 32 ocorrências.