Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 20 de Junho de 2024

Sidrolandia

Na TV, programa de Serra lembra "mensalão" e José Dirceu

O povo nem votou e ela já está escolhendo os ministros, e olha quem está querendo voltar, Zé Dirceu, o mesmo do mensalão. O Brasil não merece isso".

Terra

24 de Agosto de 2010 - 14:16

Na tarde desta terça-feira (24), o candidato do PSDB à presidência da República, José Serra, voltou a atacar em seu programa eleitoral a adversária do PT, Dilma Rousseff. Ao final da apresentação das propostas para a educação e a saúde, o locutor atacou a petista relembrando o caso do mensalão: "a eleição nem começou e já tem intriga dela com o Lula. O povo nem votou e ela já está escolhendo os ministros, e olha quem está querendo voltar, Zé Dirceu, o mesmo do mensalão. O Brasil não merece isso".

Esse trecho final foi ao ar depois de um intervalo com a tela escura, para separá-lo do corpo do programa. As imagens mostravam reportagens sobre as possíveis escolhas de Dilma para os ministérios, caso eleita presidente. O ataque buscou ainda explorar uma suposta divergência entre o presidente e a candidata, com a exibição da reportagem da Revista Veja, intitulada "A primeira queda de braço entre Dilma e Lula".

Antes do ataque, o programa de televisão de Serra mostrou as propostas do candidato para a educação, como a alternativa de colocar dois professores em sala de aula para o acompanhamento dos alunos e a criação de um milhão de vagas no Ensino Técnico. Por fim, o tucano deixou sua mensagem final para os jovens. "Eu vou ser o presidente amigo do jovem brasileiro", enfatizou.

Dilma e Lula
Já o programa da petista Dilma Rousseff, mostrou cenas da visita realizada com o presidente Lula na porta da fábrica da Mercedes-Benz, em São Bernardo do Campo (SP), na última segunda-feira (23). A candidata deu destaque às pesquisas que mostram a sua liderança na corrida para o Planácio do Planalto, ressaltando, principalmente a diferença de 17 pontos para o tucano José Serra segundo a pesquisa Datafolha divulgada no último sábado (21).

Ao lado de Lula, Dilma exaltou os avanços do governo e fez promessas para "seguir mudando". "Nosso lado é um só. É o lado do crescimento econômico. É um governo que vai continuar valorizando o salário em geral, valorizando a renda recebida pelo trabalhador deste País", afirmou. O programa também mostrou as "prioridades" da candidata: acabar com a miséria, aumentar o número de creches em escolas, investir nas UPAS (Unidades de Pronto Atendimento), criar moradias e desenvolver um programa de segurança inspirado no Rio de Janeiro.

Marina
Mais uma vez, o programa da candidata do PV à presidência, Marina Silva, mostrou cenas em que profissionais de diferentes áreas de sua equipe de campanha ressaltavam aspectos de sua biografia. Entre os que deram depoimentos, está seu vice, o empresário Guilherme Leal, o secretário municipal do Verde e Meio Ambiente de São Paulo, Eduardo Jorge, e Ricardo Paes de Barros, que coordena a formulação dos programas sociais da ex-ministra.