Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 29 de Janeiro de 2022

Sidrolandia

Negociações com os professores não encerraram, diz secretário em Dourados

O secretário Betoni ressaltou que a negociação não está distante de um acordo benéfico para ambas as partes

Conjuntura Online

23 de Maio de 2011 - 13:52

O secretário de Educação, Walteir Luiz Betoni, salientou que mesmo não tendo chegado a um acordo ainda, as negociações com os professores da rede municipal não estão encerradas. Ele destacou que a proposta que o executivo apresentou é de um reajuste de 6,2% na regência de classe e a equiparação dos salários dos professores da reme com a rede estadual no prazo de 5 anos.

A proposta não foi aceita pela classe na última assembleia, que solicita um reajuste de salário 10% e a equiparação em 3 anos. Betoni destacou que os salários dos professores há cinco anos eram iguais, mas quando assumiu a pasta em fevereiro deste ano, a diferença da rede municipal era de 39% menor do que da estadual.

Ele declarou que explicou aos educadores que de início era inviável para o executivo uma equiparação imediata, em virtude de uma antiga defasagem, pois o investimento seria alto para os cofres públicos.
 

Entendendo a necessidade de um reajuste para os profissionais, e rejeitada a proposta da equiparação em 5 anos, o executivo analisou as condições e enviou uma contraproposta para 4 anos, mas também não foi aceita pelos educadores.

O secretário Betoni ressaltou que a negociação não está distante de um acordo benéfico para ambas as partes. O executivo aguarda um documento formal do sindicato com uma nova proposta para que seja apreciada pelo setor financeiro e o prefeito e assim chegarem a um denominador comum. “ Podemos sim chegar ao acordo, se cada um der um passo a gente se encontra”, concluiu o secretário.