Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 22 de Maio de 2024

Sidrolandia

Nota Fiscal do Produtor pode ser emitida pela Internet

A nota emitida pela rede digital sai por R$ 0,40 enquanto o documento em papel custa R$ 7,00

Conjuntura On-line

09 de Agosto de 2010 - 16:20

Os pecuaristas de Mato Grosso do Sul já podem emitir a Nota Fiscal do Produtor via Internet. O novo sistema implantado pela Sefaz oferece mais agilidade e comodidade, além de baratear o custo para os proprietários rurais.

A nota emitida pela rede digital sai por R$ 0,40 enquanto o documento em papel custa R$ 7,00. A adesão não é obrigatória; a nota em papel continua a ser aceita.

A versão eletrônica da Nota Fiscal do Produtor pode ser emitida no portal da Sefaz na Internet (www.sefaz.ms.gov.br). Para ter acesso ao sistema o produtor deve procurar a Agenfa (Agência Fazendária) e fazer adesão ao programa ICMS Transparente, cadastrar senha e adquirir o papel especial para impressão.

Os formulários para impressão da nota estão disponíveis em todas as Agenfas dos 78 municípios no Estado.

O coordenador de Modernização da Sefaz Valgney Cherri Ishimi explica que o produtor pode retirar o formulário em qualquer Agenfa, mesmo que não seja no município onde a propriedade está localizada.

As folhas para impressão da versão eletrônica são numeradas e podem ser adquiridas em qualquer quantidade. A NFP-e possui certificação e autenticação digital fornecida pela Sefaz, o que garante a segurança do processo.

O modelo digital é válido para operações internas com diferimento para gado bovino, com recolhimento do ICMS por parte do frigorífico.

A partir de 15 de julho, a Nota Fiscal Eletrônica foi disponibilizada também para operações internas com diferimento de grãos.