Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 4 de Dezembro de 2020

Sidrolandia

Novo complexo de armazenagem vai exigir rotatória na MS-162 e malha de acesso

O prefeito Ari Basso, acompanhado de vereadores, estará nesta segunda-feira com o secretário de Produção, Paulo Engel.

Flávio Paes/Região News

20 de Julho de 2014 - 22:43

O surgimento de um novo complexo de armazenagens às margens na MS-162, na saída para Maracaju, vai exigir soluções viárias imediatas para dar fluidez e garantir segurança ao intenso tráfego de caminhões que vai ser gerado, inclusive com a abertura de uma rua de acesso ao Frigorífico Balbinos, nos fundos do Jardim Paraíso.

Além dos armazéns da Cooperativa Lar e do produtor Carlos Stefanello, praticamente quase prontos, outra cooperativa, a COAMO (Cooperativa Agropecuária com sede em Campo Mourão), estuda a compra de uma área na região para construir uma unidade na cidade.

Na rodovia será necessário fazer uma rotatória que o Governo do Estado se comprometeu a construir ainda este ano. O prefeito Ari Basso, acompanhado de vereadores, estará nesta segunda-feira com o secretário de Produção, Paulo Engel, quando pedirá que intervenha junto ao secretário de Obras, Edson Giroto, para tirar do papel, o mais rapidamente possível, o projeto porque a LAR começou a receber a produção do milho safrinha dos seus associados.

Enquanto este serviço na rodovia não começa, a Prefeitura, com apoio dos produtores, está implantando uma via, com duas pistas de acesso aos armazéns da LAR e de Carlos Stefanello. Segundo o secretário de Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos, Antônio Galdino, o município providenciou o cascalho, enquanto os produtores cederam caminhões e a retroescavadeira.