Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 21 de Junho de 2024

Sidrolandia

Orkut cria filtros para "grupos sociais"

A rede social vem apresentando mudanças de layout e na disposição das informações compartilhadas

Zumo noticias

24 de Agosto de 2010 - 13:48

O Google anunciou nesta terça em São Paulo um novo recurso para o Orkut, que permite separar e filtrar informações compartilhadas com grupos sociais definidos. A rede social já conta com 85 milhões de usuários ativos - a maioria no Brasil - e o Google diz que essa mudança redefine o "DNA do Orkut".

A ideia, segundo Vitor Ribeiro, diretor de produtos do Google, é transformar o Orkut em uma espécie de "central social" para cada usuário. Mandar recados ("scraps") terá uma divisão por grupos a serem definidos pelo usuário: amigos, família, colegas de trabalho e por aí vai. Com a mudança, a lista de atualizações fica maior e dividida entre os distintos grupos.

Além dos grupos definidos pelo usuário, o Orkut irá sugerir a criação de novos grupos para o usuário, em um recurso chamado de "automágico" pela empresa. Um conjunto de amigos que participam de uma comunidade específica podem ser reunidos em um novo grupo, fora da comunidade.

Todos os grupos serão exibidos na aba superior da tela, e cada pessoa pode organizar a ordem de exibição de acordo com seu gosto. "Dá, por exemplo, para criar uma festa surpresa para uma pessoa sem que ela saiba", disse Eduardo Thuler, gerente de produto do Orkut.

A mudança não torna a rede em um novo "e-mail". "O que você compartilha com um subconjunto de amigos é diferente do que você compartilha com outros", afirmou Thuler. As atualizações também servem para separar a vida pessoal da vida corporativa.

Um dos exemplos citados por Ribeiro foi o de uma garota que não quer dividir suas fotos e informações pessoais com novos colegas de trabalho - e o Google produziu um vídeo para demonstrar esse caso. Segundo Ribeiro, os membros dos grupos não sabem quem são os demais usuários que receberam uma mensagem.

Ribeiro também citou números do Orkut: a rede conta hoje com 6,6 bilhões de fotos vistas toda semana, 200 milhões de uploads de imagens também por semana e 550 milhões de novos scraps em sete dias. "Além disso, o Orkut é lucrativo desde novembro de 2009", disse o diretor de produtos do Google.

As novas funcionalidades do Orkut, segundo o Google, estavam em teste desde o início do ano. As mudanças já começam a entrar no ar a partir de hoje, e Ribeiro estima que todos os usuários terão acesso aos novos recursos até o final desta semana. "Desta vez, não tem convite, é para todo mundo", comentou Ribeiro.

Para comunicar os usuários do Orkut sobre os novos recursos, o Google vai colocar no ar um "passo a passo" virtual que ensina a utilizar os novos grupos. "Se ele quiser, ele pode deixar funcionando o Orkut como já estava acostumado, com o modo anterior em ação".