Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 17 de Junho de 2024

Sidrolandia

Pelé pede para Neymar ficar e promete conversa

Ele saiu na melhor fase para ser reserva. Voltou para o Santos e ainda não é titular no time dele na Europa.

R7

18 de Agosto de 2010 - 09:20

Um dia depois de Mario Jorge Lobo Zagallo e Mano Menezes recomendarem a permanência de Neymar no Brasil, Pelé se juntou ao coro. Durante evento realizado na Bovespa na manhã desta terça-feira (17), o ex-craque pediu que o atacante continue no Santos e ainda prometeu falar pessoalmente com ele.

- Neste momento, o presidente do Santos deve estar discutindo com o empresário e o pai do Neymar. É preferível ele ficar um ano, seis meses ou até dois anos no Brasil. Ele ainda não está pronto para jogar na Inglaterra, na Alemanha, na Itália. Pessoalmente, ainda não falei com ele. Mas vou falar.

O atacante Robinho, empresariado por Wagner Ribeiro, deixou o Santos para defender o Real Madrid, foi negociado com o Manchester City e retornou ao Peixe nesta temporada para recuperar o bom futebol. Ao falar de Neymar, representado pelo mesmo agente, Pelé citou o Rei das Pedaladas.

- O empresário está querendo vender o Neymar de qualquer jeito e isso é normal. O empresário quer fazer o trabalho dele e não importa se o Neymar ficar dois dias e voltar. O importante é vender. Pode acontecer o mesmo que aconteceu com o Robinho. Ele saiu na melhor fase para ser reserva. Voltou para o Santos e ainda não é titular no time dele na Europa.

O presidente do Santos, Luís Álvaro Ribeiro, já recusou uma oferta oficial do Chelsea pelo futebol de Neymar e exigiu o pagamento integral da multa recisória prevista em contrato. Wagner Ribeiro, por sua vez, defende que o atacante pode deixar o Peixe mediante o pagamento da porcentagem dos direitos federativos que, de fato, pertencem ao clube. Campeão mundial com a seleção brasileira em 1958, 1962 e 1970, Pelé lembrou os inúmeros títulos que conquistou com a camisa do Santos para pedir a permanência de Neymar. Ele contou que chegou a comentar o assunto com Zito, ex-companheiro no Peixe e no time nacional.

- Essa garotada ganhou o título que faltava [a Copa do Brasil] ao Santos e agora completou. Mas tem que dar continuidade. Estava até conversando com o Zito sobre isso ontem. Nós tivemos uma continuidade de 10 anos e a maioria dos jogadores do Santos na época não quis sair. Estamos brigando para ver se conseguimos segurar o Neymar e o Ganso por pelo menos mais um ou dois anos.