Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 24 de Fevereiro de 2024

Sidrolandia

Peres repassa R$ 66 mil para entidade do seu padrinho político e viola legislação eleitoral

A entidade é a Associação de Amparo a Família Projeto + 1, criada e mantida pelo deputado estadual Márcio Fernandes, tutor político de Peres

Flávio Paes/Região News

18 de Fevereiro de 2013 - 14:16

Em plena segunda-feira de Carnaval, no último dia 11 de fevereiro, quando as repartições públicas estavam fechadas por causa do ponto facultativo, foi publicado no Diário Oficial dos Municípios, o extrato do convênio assinado pelo prefeito Ilson Peres, que prevê o repasse de recursos do município no valor R$ 66 mil, para uma ONG (Organização Não Governamental) com sede na Rua Gaudilei Brum no Conjunto Iracy Coelho, em Campo Grande.

Peres repassa R$ 66 mil para entidade do seu padrinho político e viola legislação eleitoral

A entidade é a Associação de Amparo a Família Projeto + 1, criada e mantida pelo deputado estadual Márcio Fernandes, tutor político de Peres. O deputado promoveu a intervenção no diretório municipal do PT do B em Sidrolândia, para impedir o apoio do partido ao candidato do PMDB a Prefeitura, Acelino Cristaldo.

Há informações extraoficiais de que a Associação vai desenvolver um projeto de iniciação esportiva na área do judô, com 400 crianças das escolas municipais Pedro Aleixo e Natalia Moraes.

divvereador Edno Ribas (PDT) foi à tribuna na sessão desta segunda-feira da Câmara Municipal para cobrar explicações do Executivo sobre a subvenção, o repasse de recursos públicos de fomento e incentivo a projetos privados às vésperas da eleição suplementar, contraria a legislação eleitoral (lei 9.504/97) que em seu artigo 73, parágrafo 10º, é bem clara ao proibir esta modalidade de repasse em anos eleitorais, com exceção de programas ou projetos que já estejam previsto na proposta orçamentária. “Ao que me consta não há nenhuma dotação no orçamento deste ano, prevendo o custeio de projetos desenvolvidos por esta entidade sediada na Capital”.

O vereador pediu ao líder do PSDB na Câmara, Mauricio Anache, que na próxima sessão do Legislativo traga informações oficiais do Executivo, sobre a destinação dos recursos liberados, com o detalhamento do projeto que será executado. “Tenho certeza que o Peres, nosso colega do Legislativo, no exercício do cargo de prefeito, não vai se negar a prestar os esclarecimentos necessários”, argumentou.