Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 27 de Janeiro de 2022

Sidrolandia

PF investiga quadrilha suspeita de desviar mais de R$ 80 mil do INSS na Paraíba

Além disso, 12 pessoas suspeitas de terem se beneficiado da fraude foram intimadas para prestar depoimento e se submeter a nova perícia médica.

Terra

22 de Outubro de 2013 - 13:43

A Polícia Federal da Paraíba realiza nesta terça-feira uma operação contra uma quadrilha suspeita de desviar mais de R$ 89 mil do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

A Operação Ravel, que tem o auxílio do Ministério da Previdência Social e do Ministério Público Federal (MPF), descobriu que um médico perito do INSS participava do esquema - ele concedia laudos falsos para que outras pessoas pudessem receber benefícios previdenciários ilegalmente.

A maioria das fraudes ocorreu em Araçagi (PB), a 80 quilômetros de João Pessoa, mas também em outros Estados, como o Rio de Janeiro. Porém, o médico orientava os beneficiados a fornecerem endereços falsos e a afirmarem que moravam em Cabedelo (PB). Em troca, ele recebia favores políticos ou pessoais.

A PF cumpre mandados judiciais nos municípios paraibanos de Cabedelo, Araçagi, Guarabira e Lucena. Os mandados são de busca e apreensão, além de medida cautelar penal de afastamento das atividades e medidas cautelares penais de proibição de manter contato.

Além disso, 12 pessoas suspeitas de terem se beneficiado da fraude foram intimadas para prestar depoimento e se submeter a nova perícia médica. O INSS realizará uma auditoria em todos os benefícios previdenciários concedidos com indícios de fraude na agência de Cabedelo.