Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 20 de Junho de 2021

Sidrolandia

Polícia em MS começa devolução de carros repatriados da Bolívia

Segundo a delegada titular da Defurv, Maria de Lourdes Cano, quando o contato para retirada do veículo é feito, várias pessoas não acreditam que o bem foi recuperado.

G1 MS

30 de Agosto de 2013 - 16:49

A Polícia Civil de Campo Grande devolveu, durante a semana, mais de 30 veículos que haviam sido roubados ou furtados, levados para a Bolívia, recuperados e repatriados. A entrega começou na segunda-feira (26) e os donos estão sendo notificados por telefone para reaver os bens, que estão no pátio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Defurv).

Segundo a delegada titular da Defurv, Maria de Lourdes Cano, quando o contato para retirada do veículo é feito, várias pessoas não acreditam que o bem foi recuperado. “Muitos acham que é trote, que alguém quer dar algum golpe nesse sentido e às vezes dificulta esse contato”, disse.

Segundo ela, alguns veículos pertencem a moradores de vários estados brasileiros. Ofícios estão sendo encaminhados para delegacias de roubos e furtos de outros municípios para que notifiquem os proprietários a retirar o veículo em Campo Grande.

Para andar com os veículos, os donos precisam regularizar a documentação. Quem mora em outros estados e vier a Mato Grosso do Sul buscar carros ou motos deve fazer o transporte até a cidade onde mora por guincho, não é permitido viajar sem o procedimento.

Já os moradores do estado devem sair da Defurv e ir diretamente para o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) para a regularização. Segundo a polícia, proprietários dos veículos repatriados não vão precisar pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e o licenciamento relativo ao período em que o bem ficou no país vizinho.

Vários carros e motos que foram trazidos do país vizinho estão amassados e com a pintura danificada. Todos os veículos estão sem bateria, de acordo com a polícia. O prazo para fazer a retirada é de 60 dias após a notificação. Quem teve o carro roubado ou furtado antes de 2011 pode procurar a Defurv para saber se o bem está na relação dos veículos que foram devolvidos pelo governo boliviano.

Ao todo, são 493 unidades que foram roubadas ou furtadas no Brasil, levadas para o país vizinho e recuperadas. A devolução é resultado de uma negociação que começou há dois anos, quando o governo boliviano aprovou um documento para regularizar a frota que circulava sem documentação.