Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 29 de Maio de 2024

Sidrolandia

Prefeitos do PDT e PT migram para o palanque de André

O caso de apoio mais emblemático é o do prefeito de Dourados, Ari Artuzi. Adversário ferrenho de André Puccinelli que hoje pede voto a sua reeleição

Denilson Pinto/Região News

15 de Agosto de 2010 - 21:34

Prefeitos do PDT e PT migram para o palanque de André
Prefeitos do PDT e PT migram para o palanque de Andr - Foto: Marcos Tom

André Puccinelli está atraindo apenas os prefeitos aliados, como também os adversários, alguns deles, inclusive, desafiando a orientação partidária, estão apoiando abertamente o projeto de reeleição do governador como é o caso do douradense Ari Artuzi, do PDT, partido que está no palanque de Zeca do PT e da prefeita do próprio PT, de Santa Rita do Pardo, Eledir Barcelos. Eles querem garantir a continuidade das parcerias que norteiam as parcerias com o atual governo.

“Com o André não tem muita conversaPrefeito de Angélica, enrolação. A maior virtude do governador, além da sinceridade é honrar os compromissos assumidos”, destaca o prefeito de Angélica, João Donizete Cassuci, também filiado ao PDT. Ele diz que André deve ser reconduzido para um segundo mandato, não só pelo que já fez pela cidade em três anos e seis meses de governo, mas por ter garantido a pavimentação de 33 quilômetros/> da MS-274, ligação da sede do município com o distrito de Ipezal, que encurtará em 60 quilômetros/> a viagem a Campo Grande. “Hoje temos que sair por Ivinhema, passar em Deodápolis, Ipezal e daí chegar a BR-267, em Nova Alvorada/> do Sul para ir à capital”, explica o prefeito.

Angélica ainda está sob o impacto da chegada de um megaempreendimento de R$ 600 milhões - a Usina Angélica, com 2 mil funcionários (600 deles residentes na cidade), com produção de 250 milhões de litros de álcool por ano e 250 mil toneladas de açúcar. O Governo do Estado garantiu a construção de 300 casas populares, destinou R$ 500 mil para recuperação da malha asfaltada da área urbana, recapeamento de 20 quilômetros/> da MS-141, trecho até Ivinhema. Também está acertada a pavimentação de uma estrada de 14 quilômetros/> que liga a cidade ao parque industrial da usina.

/>/>