Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 21 de Abril de 2021

Sidrolandia

Prefeitura de Costa Rica pede que servidores apaguem a luz para economizar

Segundo o prefeito, o objetivo do documento é primeiramente recomendar e conscientizar os servidores quanto ao consumo de Energia

Correio do Estado

01 de Novembro de 2014 - 07:57

Para reduzir o consumo de água e energia e colaborar com o meio ambiente, a prefeitura de Costa Rica (MS) determinou que todos os servidores municipais tomem algumas medidas.

Conforme o Art. 1° da Portaria N° 10.598, os funcionários públicos devem manter apagadas as luzes, desligar o ar condicionado e computadores, no intervalo para o almoço e ao final do expediente em cada repartição.

E ainda, conforme o Art. 3°, a inobservância a presente recomendação, estará o servidor e o chefe do setor sujeitos as penalidades estatuídas no Art. 152 do Estatuto do Servidor Público Municipal, sendo advertência e suspensão por justa causa, mediante a abertura do componente processo de sindicância.

Segundo o prefeito, o objetivo do documento é primeiramente recomendar e conscientizar os servidores quanto ao consumo de Energia. “Vamos a partir de este mês desenvolver em todos os órgãos públicos municipais e autarquias a campanha “Seja uma pessoa iluminada. Apague as luzes ao sair”.

Ainda de acordo com o Chefe do Executivo Municipal, iniciativa pretende mostrar que as mudanças de atitudes simples no cotidiano podem contribuir na redução média do consumo de energia de até 40%.

“Queremos alertar nossos servidores públicos que é possível consumir energia de forma consciente. O consumo consciente passa pela mudança de hábitos cotidianos, como um simples apagar de uma lâmpada que não está sendo utilizada, despertando para o desperdício, adotando novo comportamento diante do trabalho e em casa também, afinal, essas atitudes são refletidas na fatura de energia tanto no local de trabalho, como na de uma residência”.