Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 21 de Abril de 2021

Sidrolandia

Programa de gestão ambiental visita municípios pantaneiros

O objetivo principal é disseminar conceitos básicos de educação ambiental às comunidades lindeiras

Conjuntura on line

08 de Outubro de 2011 - 11:50

A restauração de pavimento e implantação de acostamentos na BR-262,  entre os municípios Anastácio, Miranda e Corumbá, deve gerar diversos impactos ambientais e sociais na região.

Para que as obras nos 284,2 quilômetros não tragam prejuízos e a população local possa usufruir do legado, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) estabeleceu programas ambientais que devem ser executados durante todo o período de recuperação da rodovia, previsto até maio de 2012.

A responsabilidade por elaborar, supervisionar e executar os programas previstos para a BR-262 é do Instituto Tecnológico de Transporte e Infraestrutura, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), conveniado ao Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte.

Entre os dias 7 e 11 de outubro, duas pedagogas do ITTI-UFPR visitam  as três cidades envolvidas na obra para selecionar articuladores para o desenvolvimento local do programa de educação ambiental.

O objetivo  principal é disseminar conceitos básicos de educação ambiental às  comunidades lindeiras, aos trabalhadores da obra, aos profissionais de  educação das escolas selecionadas.