Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 30 de Novembro de 2020

Sidrolandia

Recuperação de áreas degradas é desafio para o Leste de MS

Entre diretores, conselheiros fiscais, delegados representantes e suplentes, são 24 produtores rurais que integram a nova diretoria do Sindicato Rural de Bataguassu.

Famasul

02 de Setembro de 2014 - 07:49

Com economia voltada para a atividade pecuária e alto potencial de produção, o desafio da agropecuária tradicionalmente praticada na região Leste de Mato Grosso do Sul é a recuperação das áreas degradadas.

 "Somos desafiados pelo clima e pelas condições do solo, mas precisamos reergue a pecuária local, porque o mundo nunca precisou tanto do alimento que produzimos", destaca o presidente do Sindicato Rural de Bataguassu, Manoel Agripino Cecílio de Lima, que tomou posse na sexta-feira (29).

Lima que participou da fundação do Sindicato Rural de Bataguassu em 1989, substitui na liderança da entidade sua irmã, Dora Angela Cecílio de Lima, que ficou no cargo desde 2012.

"Além da recuperação das áreas degradadas que podem aumentar a produção local também precisamos de metodologias pra unirmos ainda mais os produtores rurais na busca por melhorias. Junto com os Sindicato Rurais vizinho desenvolvemos um trabalho conjunto e fizemos o setor avança, mas com maior empenho do produtor rural o cenário seria ainda melhor", ressaltou Dora, agora diretora do Sindicato.

O diretor secretário da Famasul - Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul, Ruy Fachini, destacou o trabalho do Senar/MS - Serviço Nacional de Aprendizagem Rural e das entidades de pesquisa do Estado, na recuperação de pastagens e pontuou que os desafios sobressaem à produção.

"Logística, ITR e questão jurídica são só alguns dos entraves que o setor primário passa no Estado. Ainda assim devemos continuar avançando, com atenção voltada para as eleições deste ano, que definirá nossa representação política em âmbito nacional e estadual", afirmou o diretor aos produtores rurais da região de Bataguassu.

Entre diretores, conselheiros fiscais, delegados representantes e suplentes, são 24 produtores rurais que integram a nova diretoria do Sindicato Rural de Bataguassu, que responderão pela entidade até o ano de 2017.