Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 24 de Janeiro de 2022

Sidrolandia

Relação de eleitores que terão o título cancelado será apresentada em maio

No dia 6 de maio, relações com o nome e número do título dos eleitores que estiverem nesta situação estarão disponíveis nos cartórios eleitorais de todo o país

Dourados Informa

21 de Abril de 2011 - 15:30

Terminou na semana passada o prazo para os eleitores que faltaram às três últimas eleições regularizar a situação do título de eleitor.

De acordo com levantamento realizado na sexta-feira (15), 62.382 pessoas compareceram aos cartórios eleitorais dentro do prazo de 60 dias estabelecido pela Justiça Eleitoral em todo o Brasil. Portanto, mais de um milhão de eleitores ainda poderão perder o documento. Ao todo, são 1.410.746 em todo o país.

O número definitivo de cancelamentos será divulgado no início de maio, pois ainda poderá sofrer alteração, uma vez que os cartórios eleitorais têm até o dia 25 de abril para encaminhar ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dados relativos aos eleitores que providenciaram a regularização.

A partir daí, o TSE deve processar essas informações até o dia 29 de abril e, entre os dias 2 e 4 de maio, inicia o cancelamento do título de eleitor daqueles que não se manifestaram sobre a irregularidade.

No dia 6 de maio, relações com o nome e número do título dos eleitores que estiverem nesta situação estarão disponíveis nos cartórios eleitorais de todo o país.

Quem perdeu o prazo encerrado no dia 14, mas pretende fazer a regularização, deve procurar a Justiça Eleitoral para preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE). Junto com o requerimento deve ser apresentado documento de identidade e título de eleitor. A documentação será analisada para, posteriormente, incluir novamente o eleitor no cadastro eleitoral.

Os eleitores para os quais o voto é facultativo não correm o risco de ter o título cancelado.