Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 27 de Fevereiro de 2024

Sidrolandia

Réveillon na Avenida Paulista deve receber 2 milhões de pessoas

A festa da virada contará, entre outras atrações, com a cantora baiana Daniela Mercury e o grupo de rock Titãs.

O Globo

31 de Dezembro de 2012 - 14:45

Em São Paulo, o Réveillon na Avenida Paulista deve receber 2 milhões de pessoas, segundo estimativa dos organizadores do evento. A festa da virada contará, entre outras atrações, com a cantora baiana Daniela Mercury e o grupo de rock Titãs.

À meia-noite, a cidade brinda a chegada do novo ano com uma queima de fogos que vai durar 15 minutos. O espetáculo pirotécnico terá 100 mil tiros e 7 mil bombas multicoloridas, além da chuva de confetes metalizados e iluminação especial com canhões de laser coloridos.

A atriz Nanda Costa, a Morena da novela "Salve Jorge", vai comandar a festa.Os shows começam por volta das 20h desta segunda-feira, com a cantora Tiê. Em seguida, subirá ao palco a dupla sertaneja Fernando e Sorocaba. A noite ainda terá Blitz, Daniela Mercury e Titãs. Neste ano, o tema escolhido para a festa será “Eu amo São Paulo”.

Para o público curtir a festa na Paulista, foram instalados 1,2 milhões de watts de som, telões em formato de coração e mais 13 painéis de alta definição de LED ao longo da avenida.

Quem estiver por lá poderá enviar mensagens pelo twitter para @RevNaPaulista, com a hashtag #RevNaPaulista2013, falando do amor à cidade. As mensagens serão projetadas no palco em tempo real.

Antes de encerrarem a festa, às 2h30, os DJs Mau Mau e Zé Pedro pretendem transformar a avenida em uma balada com muita música eletrônica.

O Réveillon na Paulista foi criado em 1996, pela empresa Playcorp, e em 2001 entrou para o calendário de eventos oficiais da cidade de São Paulo. Estima-se que de 2 milhões de pessoas que devem comparecer, 100 mil sejam turistas.

As interdições do tráfego na Avenida Paulista começa por volta das 15h desta segunda-feira. Portanto, para quem escolher comemorar a chegada de 2013 na Paulista a melhor opção é ir de Metrô. O sistema vai operar também na madrugada do dia 1º de janeiro.

O passageiro poderá embarcar em qualquer estação das linhas 1-Azul, 2-Verde (exceto a estação Trianon-Masp), 3-Vermelha e 4-Amarela, até as 2h. Na Linha 5-Lilás, o embarque será possível até a meia-noite. Já os trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) vão circular em maior quantidade e até a 1h de terça-feira.

Haverá 80 barracas de comida e bebida, que poderão ser pagas com cartões de crédito ou débito. Além disso, os participantes terão à disposição 350 banheiros químicos, dez ambulatórios com médico, enfermeiros e dez ambulâncias.

Pessoas com mobilidade reduzida terão lugar reservado próximo ao palco com acesso lateral pela Rua Ministro Rocha Azevedo.

Os esquema de segurança montado contará com 2,8 mil profissionais da Polícia Militar, Guarda Civil Metropolitana e seguranças. Os profissionais têm apoio de viaturas, motocicletas, bases comunitárias, além de câmeras instaladas em pontos estratégicos da avenida.