Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 19 de Janeiro de 2022

Sidrolandia

Reviravolta poderá resultar em desfiliação do vereador Marcio Teles do PT

Marcos Tomé/Região News

17 de Maio de 2011 - 14:30

Reviravolta poderá resultar em desfiliação do vereador Marcio Teles do PT
Reviravolta poder - Foto: Marcos Tom

O Partido dos Trabalhadores (PT) de Deodápolis poderá perder importante liderança para a nova sigla partidária PSD (Partido Social Democracia) que nasce com 32 deputados federais, uma bancada maior que a de legendas históricas como PDT e PSB e com apenas duas cadeiras a menos que o DEM, partido de origem de seu idealizador, o prefeito Gilberto Kassab.

Sem cunho ideológico definido, o manifesto de fundação do partido destaca valores como "liberdade de opinião, liberdade de empreender", tendo a "democracia como mecanismo político" e a "livre iniciativa como instrumento econômico".

O PSD nasce com identidade própria, ideias claras, tendo um denominador comum: todos os seus integrantes defendem as liberdades individuais, a liberdade de imprensa e a economia de mercado.

Reviravolta

Durante sessão ordinária da Câmara Municipal de Deodápolis nesta segunda-feira (16) o vereador petista Marcio Teles, usou a tribuna e relatou seu descontentamento pessoal com membros do partido e alegou não estar afinado com a direção do mesmo.

Segundo Teles, o partido não tem lhe dado espaço para discutir projeto de sucessão do atual do prefeito Manoel Martins (PSDB) razão pela qual, após conversa com assessores do senador Delcidio do Amaral, optou por sair do partido e assumir o PSD no município, partido este com grande afinidade com o senador.

Caso isso aconteça, o PT ficará sem representatividade politica na Câmara. O vereador do PDT Zé Manoel Rosa, declarou apoio ao vereador Marcio e disse que irá acompanhar o parlamentar para o PSD com objetivo de fortalecer a sigla visando às eleições do ano que vem.

O PT em Deodápolis poderá sofre um esvaziamento nos próximos dias com o novo cenário que surge. Se confirmada a saída de Marcio Teles das fileiras petistas o PT poderá sofrer debanda, fato que enfraqueceria o projeto politico do partido num possível enfrentamento com candidato da situação.

A Reportagem do Jornal Eletrônico Região News, Marcio foi enfático ao afirmar que irá fortalecer o PSD em pé de igualdade com os demais partidos com foco na disputa pela chefia do executivo municipal. “O PSD representará o retrato da mudança e inovação politico em Deodápolis”, afirma Teles.

Zé Manoel, o vereador mais jovem da casa afirmou a reportagem que irá caminhar no PSD por entender que o município anseia por um projeto inovador. “Não tenho duvidas de que temos a obrigação de apresentar a sociedade um caminho alternativo para as eleições de 2012”, relata,