Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 25 de Janeiro de 2022

Sidrolandia

Saída de Ademir Osiro do DEM poderá provocar debandada

Marcos Tomé/Região News

22 de Maio de 2011 - 22:46

Saída de Ademir Osiro do DEM poderá provocar debandada
Sa - Foto: Marcos Tom

O Democrata (DEM) parece mesmo estar com os dias contados, isso por conta do esvaziamento que o partido vem sofrendo em todo o país por conta da criação do PSD (Partido Social Democrático), que é liderado pelo Prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, ex-democrata.

O PSD nasceu com 32 deputados federais, uma bancada maior que a de legendas históricas como PDT e PSB e com apenas duas cadeiras a menos que o DEM, partido de origem de seu idealizador. Sem cunho ideológico definido, o manifesto de fundação do partido destaca valores como "liberdade de opinião, liberdade de empreender", tendo a "democracia como mecanismo político" e a "livre iniciativa como instrumento econômico".

Com o fortalecimento do PSD e enfraquecimento do DEM há rumores que os Democratas se fundirão com PSDB. Por enquanto, a iniciativa de uma fusão entre os dois partidos teria sido descartada, segundo lideranças que defenderam no inicio do mês uma proposta de formalização de uma "união compulsória" para as eleições municipais de 2012.

"Os partidos têm de estar unidos, principalmente nas grandes cidades de todo o Brasil", afirmou Ademir, porém, em Sidrolândia o partido é base de sustentação política do atual prefeito Daltro Fiuza (PMDB), fator que distância composição com o PSDB que terá candidatura própria nas eleições do ano que vem.

A proposta de uma "união compulsória" visa criar alianças municipais onde o PSDB tenha o apoio do DEM nas cidades onde for mais forte e vice-versa. O presidente nacional do DEM, senador Agripino Maia (RN), encampou a proposta. "O casamento está feito e, por minha vontade, onde o PSDB for mais forte o DEM vai apoiar", disse.

Na pratica, não havendo a fusão entre os dois partidos caberá a executiva de cada localidade decidir o caminho a ser seguido, porém, Ademir Osiro não acredita que o partido no município deva caminhar na contramão do cenário que se desenha no cenário nacional, razão pela qual, o mesmo deverá pedir desfiliação nos próximos dias.