Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 15 de Maio de 2021

Sidrolandia

Segurança em Balneário de Bonito é alvo de investigação

Inquérito apura suposta negligência às condições de trabalho dos guarda-vidas.

Midiamax

07 de Novembro de 2016 - 10:51

Em Bonito, a 297 quilômetros de Campo Grande, um inquérito civil foi instaurado pelo MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) para apurar suposta negligência por parte do município em relação às condições de trabalho dos guarda-vidas do Balneário Municipal.

A investigação partiu de uma denúncia protocolada no Ouvidoria do Ministério Público, que teve como requerente a servidora municipal Camila Reinoso Lemos, que trabalha como guarda-vidas no Balneário.

Segundo o edital do inquérito civil, publicado no Diário do MPE-MS, a investigação deverá também apurar eventual omissão do poder público municipal na fiscalização de medidas de prevenção de acidentes nos passeios de bote do Balneário.

O inquérito civil foi instaurado pelo promotor de Justiça em substituição legal Allan Carlos Cobacho do Prado, da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Bonito, na última quinta-feira (3).