Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 20 de Junho de 2024

Sidrolandia

Senai atrai 2,9 mil candidatos em 12 cidades para provas do Pronatec

Ao todo são oferecidas 1.778 vagas em 17 cursos gratuitos de educação profissional técnica de nível médio

Daniel Pedra

15 de Julho de 2012 - 17:24

O Senai de Sidrolândia atraiu, neste domingo (15/07), centenas de candidatos ao processo seletivo realizado no âmbito do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) para preencher 1.778 vagas em 17 cursos gratuitos de educação profissional técnica de nível médio distribuídos por Campo Grande, Corumbá, Deodápolis, Dourados, Ivinhema, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Rio Verde, Sidrolândia, Sonora e Três Lagoas. Ao todo foram registrados pelo menos 2.908 candidatos.

Em Campo Grande, dezenas de candidatos compareceram à sede da FatecSenai para fazer as provas do processo seletivo do Pronatec, como foi o caso da estudante do 2º ano do Ensino Médio Mirlene Nunes, 15 anos. Ela contou que não tem experiência profissional e que a oportunidade de fazer um curso técnico do Senai é excelente para abrir os horizontes e estimular os jovens a se desenvolverem.

“É uma forma de contribuir para o encaminhamento dos jovens ao mercado de trabalho. Hoje, sem ter um curso e sem a experiência fica difícil encontrar trabalho”, disse Mirlene Nunes, que se inscreveu para tentar uma vaga no curso de meio ambiente oferecido pelo Senai. Já Paulo Fabrício de Souza Rios, 15 anos, também estudante do 2º ano do Ensino Médio, escreveu-se para tentar uma vaga no curso de edificações do Senai. “Meu tio já trabalha nessa área e penso ser uma atividade que oferece bons rendimentos, mas para isso é preciso ter qualificação”, declarou.

O estudante Gilberto Preto, 16 anos, aluno do 2º ano do Ensino Médio, tenta uma vaga para o curso de eletrotécnica do Senai. “Nunca trabalhei, mas gosto muito de mexer em tudo que envolve eletricidade. Acredito que tenho habilidade com isso e quero fazer o curso para me desenvolver na área. Conheço gente que faz cursos no Senai e as referências são ótimas”, disse. A estudante Endra Cordeiro, 18 anos, quer ser aprovada para o curso de técnico em segurança do trabalho. “Conheço pessoas que já atuam nessa área e me parece que o trabalho tem boa remuneração”, reforçou.

O processo

Segundo o gerente de educação do Senai, Marcos Costa, o gabarito estará disponível a partir das 18 horas deste domingo no site do Pronatec (www.pronatec.com.br) e, a partir desta segunda-feira (16;07), nas unidades da entidade nas 12 cidades onde as provas foram aplicadas. Já a lista de aprovados será divulgada no próximo dia 20 de julho e os candidatos que passarem em 1ª chamada deverão fazer a matrícula de 23 de julho a 3 de agosto, enquanto de 6 de agosto a 10 de agosto será o período de matrículas para quem for aprovado em 2ª chamada com as aulas começando no dia 13 de agosto.

Os 17 cursos oferecidos são: açúcar e álcool, agroindústria, automação industrial, cerâmica, celulose e papel, edificações, eletroeletrônica, eletrotécnica, eletromecânica, logística, manutenção automotiva, mecânica, meio ambiente, mineração, química, segurança do trabalho e vestuário. Em Campo Grande são oferecidos os cursos de automação industrial, edificações, eletroeletrônica, logística, meio ambiente e segurança do trabalho, enquanto em Sidrolândia são realizados os cursos de eletroeletrônica, segurança do trabalho e vestuário.

Já em Corumbá tem os cursos de eletrotécnica, mecânica, mineração, química e segurança do trabalho e, na cidade de Dourados, os cursos de açúcar e álcool, agroindústria, eletrotécnica, mecânica, química e vestuário. Em Deodápolis os cursos de eletrotécnica, mecânica e química, enquanto em Nova Alvorada do Sul são oferecidos os cursos de automação industrial, eletrotécnica e mecânica.

Na cidade de Naviraí são oferecidos os cursos de edificações, eletromecânica, logística e mecânica e, em Nova Andradina, têm os cursos de edificações e logística, sendo que na cidade de Ivinhema têm os cursos manutenção automotiva e química. Já em Rio Verde tem os cursos de cerâmica, edificações e química, enquanto em Sonora tem o curso de eletrotécnica e, em Três Lagoas, têm os cursos de automação industrial, celulose e papel, eletroeletrônica, edificações, logística, meio ambiente, mecânica e química.