Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 17 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Sidrolândia tem seu estado de Emergência reconhecido pelo Governo Federal

O Secretário Nacional de Defesa Civil, Humberto Viana, publicou a Portaria de reconhecimento na edição de hoje do Diário Oficial da União

Assessoria

18 de Abril de 2011 - 13:51

Foi reconhecida oficialmente hoje a situação de emergência do Município de Sidrolândia. O reconhecimento foi feito pelo Secretário Nacional de Defesa Civil, Humberto Viana, e publicado no Diário Oficial da União. Além de Sidrolândia, outros dois municípios tiveram seu reconhecimento oficial publicado na data de hoje: Alcinópolis e Corguinho.

De acordo com Humberto Viana, a situação de emergência foi decretada de acordo com as informações apresentadas em processos de levantamento dos danos em decorrência de enxurradas ou inundações bruscas.

Durante vários dias, uma equipe formada pelo Prefeito Daltro Fiuza, o Secretário Municipal de Desenvolvimento Rural e Chefe da Defesa Civil Municipal, Nilo Cervo, o vereador Ilson Peres e a jornalista Thaís Bett, percorreram as estradas do município de Sidrolândia a fim de registrar e catalogar os prejuízos causados pelas constantes chuvas ocorridas no final do mês de fevereiro e início do mês de março. Os dados recolhidos foram usados para a elaboração de um relatório que foi encaminhado para a secretaria Nacional de Defesa Civil juntamente com o pedido de reconhecimento do Estado de Emergência do Município.

Para Nilo Cervo, essas visitas foram fundamentais para que a administração pública municipal pudesse ter uma noção real dos prejuízos e, assim, o relatório pudesse ser elaborado com a maior qualidade possível. De acordo com ele, os prejuízos calculados passam da quantia de R$ 1 milhão de reais. “Agora estamos na expectativa de termos pelo menos uma parte considerável deste montante destinado à Sidrolândia. Sabemos que a quantia toda é difícil de conseguir, mas trabalharemos para que seja feito o melhor”, concluiu.

Segundo o chefe da Defesa Civil em Mato Grosso do Sul, Coronel Ociel, o reconhecimento nacional facilita a liberação de recursos para recuperar os estragos nos municípios. “Com o reconhecimento nacional há a possibilidade de receber recursos totais ou parciais. Assim que for definido esse valor para cada município, a próxima etapa será a de elaboração de planos de trabalho em cima do que será liberado”, explica.

Outras portarias já haviam reconhecido a coação de emergência nos municípios de Aquidauana, Campo Grande, Miranda, Nova Alvorada do Sul, Ribas do Rio Pardo, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, Terenos, Bandeirantes, Chapadão do Sul, Maracaju e São Gabriel do Oeste, Coxim, Nioaque, Paranaíba e Santa Rita do Pardo, nesta seqüência.