Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 17 de Junho de 2024

Sidrolandia

Sinal grátis da internet fica liberado em terminais de ônibus de Campo Grande

Midia Max

02 de Agosto de 2012 - 15:00

O prefeito Nelson Trad Filho inaugurou na manhã desta quinta-feira, 2, a instalação de banda larga nos terminais General Osório, Bandeirantes, Morenão, Júlio de Castilho, Nova Bahia, Aero Rancho, Guaicurus, e Terminal das Moreninhas. O acesso à internet gratuita para os usuários de transporte coletivo terá um alcance de 100 metros e teve um custo de R$ 100 mil para os cofres públicos.

Atualmente, Campo Grande conta com internet gratuita na Praça Ary Coelho, Feira Central e no Ponto de Integração Avedis Balabanian (na avenida Ceará, em frente ao colégio).

Segundo o diretor-presidente da Agetran (Agência de Transporte e Trânsito), cerca de 30 mil pessoas passam pelos terminais de ônibus diariamente na Capital. “As melhorias nos terminais e conforto na espera pelo ônibus também deve ser feita. O próximo passo é para que o usuário que esteja no ponto consiga, por meio de SMS, saber em quanto tempo seu ônibus vai passar”, comentou.

Rudel disse ainda que um dos pontos que a licitação de concorrência para a administração do transporte coletivo deverá focar é que as linhas executivas também possuam acesso a internet. “Estamos elaborando um aplicativo para os deficientes visuais. Até o final do ano esperamos que os terminais e os ônibus possuam tomadas para carregadores”.

Quanto à segurança do acesso, o IMTI (Instituto Municipal de Tecnologia da Informação) informou que, no caso de má utilização no cadastro para acesso a internet, todos os dados do cliente, inclusive o IP (Internet Protocol) do aparelho, ficam registrados no sistema do Instituto, possibilitando a localização do aparelho.

Para a estudante de Educação Física, Roberta Pereira Santos, 21 anos, a internet gratuita é um conforto a mais. “Acesso frequentemente para ler notícias e esportes, mas principalmente em casa. É um conforto a mais”, comenta a acadêmica, mesmo considerando que apenas uma minoria dos usuários do transporte possui aparelho que permite o acesso à internet.

O prefeito Nelsinho Trad, destacou a parceria entre modernização do transporte coletivo e disse que a prefeitura pretende investir ainda, cerca de R$ 180 milhões em mobilidade urbana. “É preciso que as população largue o transporte individual diminuindo assim os casos de acidente e engarrafamento na cidade.

Como funciona

Uma vez instalados os pontos de acesso nos locais definidos, qualquer dispositivo móvel compatível com Wi-fi (padrões IEEE 802.11 a/b ou g) dentro do raio de alcance receberá o sinal gratuitamente. O usuário poderá se conectar usando smartphones, netbooks, notebooks ou outros dispositivos com capacidade Wi-fi dentro dos padrões acima.

Na primeira conexão na região coberta pelo sinal, o usuário deverá abrir seu navegador e digitar o endereço www.capital.ms.gov.br/internetmorena para que, assim, ele seja direcionado para um formulário de cadastro. Depois de informar seus dados, o usuário receberá uma senha para acesso. A partir de então, o cidadão acessará o sistema com sua senha e login pessoal.

A reportagem do Midiamax realizou um teste por meio de um aparelho celular e, após um rápido cadastro, a conexão foi liberada. No terminal General Osório a conexão estava normal, apesar de pequenas oscilações.