Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 17 de Abril de 2024

Sidrolandia

Uems lança programa de bolsas acadêmicas de R$ 2 milhões

Conjuntura on-line

14 de Julho de 2011 - 09:02

Um dos maiores programas de concessão de bolsas a acadêmicos da UEMS foi implantado em dez unidades universitárias localizadas em todo o Estado.

Os recursos financeiros envolvidos no projeto chegam próximos a casa dos R$ 2 milhões, beneficiando diretamente 108 alunos, 14 coordenadores de área 14 professores da rede de ensino responsáveis por supervisionar os acadêmicos em seu inicio à docência.

O Pibid (Programa Institucional de Iniciação a Docência) antecipa o vínculo entre os futuros professores e as salas de aula da rede pública de ensino. Assim, o Pibid faz uma articulação entre a educação superior (por meio das licenciaturas), a escola regular e os sistemas estaduais e municipais de educação.

O programa foi inaugurado na UEMS em 2010, na época com apenas seis cursos de licenciatura envolvidos, todos da unidade de Dourados. O novo projeto iniciado, porém, amplia o número de vagas ofertadas com a implantação do Pibid em 10 unidades.

Na UEMS, as bolsas estão distribuídas entre as unidades de Amambaí (Ciências Sociais e História), Campo Grande (Pedagogia), Cassilândia (Letras e Matemática), Coxim (Ciências Biológicas), Ivinhema (C. Biológicas), Jardim (Geografia e Letras), Mundo Novo (C. Biológicas), Nova Andradina (Matemática), Navirai (Química), Paranaíba (Ciências Sociais e Pedagogia).

Atualmente no Brasil há mais de 29 mil bolsas disponíveis para que alunos de licenciaturas possam qualificar o início de suas carreiras enquanto educadores. Trata-se de uma estratégia do Ministério da Educação com financiamento da Capes no sentido de melhorar o ensino regular público brasileiro e incentivar a formação de professores qualificados.