Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 21 de Abril de 2024

Sidrolandia

V Conferência da Saúde foi realizada em Deodápolis

As propostas foram votadas e os eleitos representantes irão apresentar durante a Conferência no mês de Setembro em Campo Grande.

MS Cidades

11 de Julho de 2011 - 14:35

V Conferência da Saúde foi realizada em Deodápolis
V Confer - Foto: Wilson Amaral

Foi realizada na última quinta-feira (07/07) V Conferência Municipal de Saúde em Deodápolis, participaram do evento o prefeito Manoel Martins, Secretário de Saúde Fábio César, Presidente do Conselho Municipal de Saúde Ailton Antoniete, Vereador e Presidente da Câmara Expedito Ponciano, Vereadores Paulo de Souza Filho, Francisco Euzébio de Oliveira, profissionais da Saúde, membros do Conselho de Saúde, representantes de entidades e Usuários do SUS.

O Secretário de Saúde Fábio César abriu a V Conferência Municipal de Saúde agradecendo a presença de todos e destacou o momento ideal e oportuno para a população discutir as ações da secretaria no município, ressaltou ainda que a secretaria tem dado suporte para o Conselho Municipal de Saúde possa desempenhar as suas funções bem como tem apoiado as políticas de saúde em conjunto com as secretarias de Assistência Social e Educação, esperamos que esta conferência possam sair boas propostas para as políticas de saúde pública contribuindo desta forma imensamente com a saúde do município destacou o secretário Fábio César.

O prefeito Manoel Martins iniciou sua fala agradecendo a presença do vereador e presidente da Câmara Expedito Ponciano, vereadores Paulo de Souza Filho e Francisco Eusébio, autoridades, representantes de entidades, população e a “família saúde” destacando os funcionários da saúde presentes na conferência, estamos hoje num momento oportuno para discutir saúde pública à hora é agora de reinvidicar de apontar sugestões para melhorar a saúde de nosso município; não criando tumulto na porta de um hospital na hora que um parente vítima de um acidente chega lá, aqui é o momento ideal para falarmos de saúde problemas e soluções o povo cobra de nos, do secretário, vereador, funcionário e todo mundo sabe que o sistema é deficitário no Brasil inteiro, mas nós fazemos a nossa parte trabalhando e aplicando mais que o percentual da nossa responsabilidade, onde se paga 15% chegamos em alguns meses pagar até 23%  mas não dá para esticar acima de 20% pois irá faltar dinheiro para as demais áreas, estradas, pontes, obras, funcionalismo e tantas outras, esperamos que com está V Conferência se ajuste as dificuldades encontradas, que soluções sejam apontadas para que possamos implementar e apresentar as propostas na Conferência Estadual e Federal para melhorar a saúde de nosso município destacou o prefeito Manoel Martins.

A psicóloga Hospitalar e Coordenadora da residência multiprofissional em saúde do HU/UFGD e professora Elenita Sureke Abílio abriu a “V Conferência falando sobre o tema acesso e acolhimento com qualidade, um desafio para o SUS”.

Elenita destacou que a Conferência é um processo democrático onde as pessoas podem debater e apresentar soluções com relação à saúde do município, que para ter acessibilidade é preciso buscar alternativas, hoje o Ministério da Saúde pensa num modelo de saúde biopsicossocial onde para se ter saúde é preciso ter vários segmentos não só dá saúde, mas, de muitos setores da Educação, Assistência Social, Urbanização, Casas para ter uma qualidade de vida e quando se fala em agressividade nos postos e hospitais, isso não é somente no município é no Brasil é a única defesa que o cidadão tem é agredir para garantir muitas vezes um acesso de qualidade; quando dizemos que o SUS vai bem, tudo bem, mas se vai mal o problema não é do gestor e sim nosso também e está V Conferência serve para isto não é o presidente, o governador que dirá como será a saúde em nosso município, mas nos mesmos temos que ver quais os problemas o que precisa melhorar para nos definirmos o que é melhor pra nós e os representantes eleitos aqui levar para Conferência Estadual definiu Elenita.

As propostas foram votadas e os eleitos representantes irão apresentar durante a Conferência no mês de Setembro em Campo Grande.