Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 28 de Janeiro de 2022

Sidrolandia

Vendas em Balcão beneficiam pequenos produtores de MS

Conjuntura Online

24 de Maio de 2011 - 09:29

Os pequenos produtores rurais de Mato Grosso do Sul já podem se cadastrar no Programa de Abastecimento Social - Vendas em Balcão para o Milho. Pela primeira vez no Estado, o Programa viabiliza o acesso dos criadores e agroindústrias de pequeno porte aos estoques públicos do milho.

O instrumento foi disponibilizado pela Sureg/MS (Superintendência Regional de Mato Grosso do Sul) da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), atendendo demanda da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul).

De acordo com o engenheiro agrônomo e assessor técnico para assuntos de agricultura da Famasul, Lucas Galvan, a produção de milho na safra de verão é pequena no Estado e os preços praticados no mercado acabam tirando a competitividade destas cadeias. “Esperemos que com o Programa de Vendas em Balcão, o pequeno produtor também tenha a chance de comprar o grão por um preço mais acessível”, ressaltou Galvan.

O produtor rural poderá adquirir o milho, por meio do Programa de Vendas em Balcão, de acordo com a sua necessidade, limitando a quantidade de 14 toneladas de grão por mês. Para se habilitar ao Programa, o interessado deverá efetuar o cadastro em uma das UAs (Unidades Abastecedoras) da Conab localizadas em Campo Grande, Cassilândia, Chapadão do Sul e São Gabriel do Oeste. “Não é necessário que o produtor tenha propriedade localizada nos municípios onde a Conab possui UAs”, lembra Lucas Galvan.

Segundo dados da Conab, em Mato Grosso do Sul a área plantada do milho verão safra 2010/2011 é de 46 mil hectares, com uma produtividade de 308,2 mil toneladas do grão. “O Estado produz pouco milho na safra de verão. O Programa de Vendas em Balcão trará maior liquidez para os pequenos consumidores de milho até a época da colheita do milho safrinha, período no qual a oferta do produto se normaliza em MS”, salienta Galvan.