Imoveis a Venda | Classificados | Super Galeria | Videos

REDAÇÃO (67)3272-6466

Noticia de: 11 de Agosto de 2017 - 16:45

Ação integrada do governo de MS com a União vai fortalecer o turismo no Pantanal

O secretário entregou ao ministro um documento solicitando apoio ao Plano de Desenvolvimento Integrado de Turismo (PDIT) específico para o Pantanal.






 

Durante o Seminário em Corumbá, o assunto principal foi o fortalecimento do turismo na região -
Foto: Portal do MS


 
 

O fortalecimento do turismo em Corumbá e região como um dos principais destinos brasileiros de natureza, aventura e pesca foi o tema do seminário “Turismo no Pantanal – Perspectivas de Desenvolvimento”, realizado na quinta-feira (10.8), em Corumbá. O secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, representou o governador Reinaldo Azambuja no evento, que contou com a participação do ministro do Turismo, Marx Beltrão, do prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha e do diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur), Bruno Wendling, além de autoridades locais e segmentos do turismo regional.

“Foi um momento excelente de discussão sobre as potencialidades do turismo em Corumbá e toda região do Pantanal. Demos um enfoque diferenciado para a pesca esportiva e o ministro Marx Beltrão nos confirmou que foi criado um comitê específico para esse segmento. A ideia que propusemos e que o ministério apoia, é transformar Corumbá na capital brasileira da pesca esportiva”, afirmou Jaime Verruck.

O secretário entregou ao ministro um documento solicitando apoio ao Plano de Desenvolvimento Integrado de Turismo (PDIT) específico para o Pantanal. “Nós apresentamos todo o diferencial da região. Destacamos a importância de se divulgar a rota Bonito-Pantanal, pois podemos oferecer dois produtos ao turista, algo que ainda não está acontecendo. Cabe um olhar diferente para a região, pela questão ambiental, sustentabilidade, ecossistema, questões que atualmente caminham com o turismo. E, no Pantanal, talvez tenhamos a melhor representação, no país, de boas práticas e atividades de desenvolvimento sustentável”, finalizou.

Parceria com o ministério

Em sua palestra durante o seminário, o diretor-presidente da Fundtur, Bruno Wendling, lembrou que o Estado tem desenvolvido ações de fomento do turismo e a parceria do Ministério é de grande importância. “Estamos em consonância com o Ministério do Turismo para o desenvolvimento do setor em Mato Grosso do Sul. Um dos comprometimentos do ministro Marx foi de impulsionar nacional e internacionalmente a nova campanha de marketing de promoção dos nossos destinos. A Fundtur vai lançar essa campanha durante a feira ABAV 2017, em setembro. Além disso, a Fundação de Turismo vai apoiar a prefeitura de Corumbá na elaboração da ‘Carta de Corumbá’, com demandas do turismo da região e que será entregue ao ministro em Brasília.

Durante o seminário também foi discutida a importância da conectividade aérea para atrair mais visitantes brasileiros e estrangeiros, além das melhorias no porto fluvial para o incremento da pesca esportiva. Foi garantida a obra do terminal de passageiros do Porto de Corumbá, que terá recursos do Ministério do Turismo, de emenda parlamentar e do governo de Mato Groso do Sul, num valor total de R$ 3,5 milhões. “Não basta a existência do porto, ele precisa estar preparado para receber bem o visitante e a construção de terminal de embarque e desembarque, será fundamental para dar mais conforto para os turistas dos cruzeiros fluviais e de pesca esportiva”, reconheceu Marx Beltrão.

O ministro do Turismo destacou a vocação natural da região para o ecoturismo e os investimentos da Pasta em infraestrutura para alavancar a atividade com a geração de empregos e renda no Pantanal. Marx Beltrão ressaltou que já foram contratados cerca de R$ 70 milhões em projetos e obras com o governo do Mato Grosso do Sul e em torno de R$ 60 milhões em convênios diretamente com os municípios.

“O Mato Grosso do Sul é de grande importância para o turismo brasileiro e estamos dando total apoio ao Estado e municípios para o crescimento do turismo deste grande destino”, afirmou. “O papel do ministério é trabalhar para que o Turismo seja visto, de fato, como uma plataforma para a geração de empregos, de renda e de oportunidades para todos”, concluiu o ministro.

Também participaram do Seminário a diretora-executiva da Fundação de Turismo do Pantanal, Marjú Venturini, além dos deputados federais Fábio Garcia e Carlos Marun.









Portal do MS


Reportar Erros



 


 
.
MATO GROSSO DO SUL

Mato Grosso do Sul tem 200 mil hectares de florestas sem destino certo
SIDROLÂNDIA - MS

Morreu aos 76 anos o agrônomo Armindo Ascoli, pai do prefeito de Sidrolândia
SIDROLÂNDIA - MS

Conrado e Aleksandro farão show em Sidrolândia no mês de outubro
SIDROLÂNDIA - MS

Em resposta à Defensoria, Prefeitura não apresenta critérios para conceder ...
 
 
  • Notícias
  • + Lidas

1

Morreu aos 76 anos o agrônomo Armindo Ascoli, pai do prefeito de Sidrolândia

Leia mais


2

PRF apreende carga com 3,8 toneladas de maconha e 23 kg de “super maconha”

Leia mais


3

Mato Grosso do Sul tem 200 mil hectares de florestas sem destino certo

Leia mais


4

Professores de escolas públicas podem se inscrever em prêmio até sexta-feira

Leia mais








© Regiao News - Todos os Direitos Reservados.
contato@regiaonews.com.br
+ 55 67 3272 6466
Desenvolvido por:
MD-WEBMARKETING