Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 22 de Outubro de 2021

Artigos

Artigo: Guerra das aposentadorias Pedro x Wilson

Manoel Afonso

21 de Fevereiro de 2011 - 09:41

Mesmo de pijamas eles continuam guerreando, roubando a cena do noticiário dos políticos na ativa. A renúncia da aposentadoria de
Wilson tem a postura emblemática da moralidade na administração pública pregada pela UDN, que ele sempre admirou.

 Metódico e organizado, Wilson conduziu suas finanças pessoais com sucesso, dando-se ao luxo de dispensar o recebimento dos R$24 mil reais que têm direito por força de lei. Pelos seus argumentos, fica evidente que  não quer ver sua imagem desgastada  na discussão que se trava sobre os aspectos legais e morais que cercam o benefício aos ex-governadores.

Claro que devido a iniciativa de Wilson ocorrer agora, quando o tema ganha espaço na mídia graças a OAB, e pelo fato da aposentadoria beneficiar o rival Pedrossian, criou-se o ambiente para questionamentos  e comparações entre ambos.

Justiça seja feita, Wilson deixou claro que se tratava de decisão para preservar seu nome. Mas devido ao alto valor da aposentadoria renunciada e pelas denúncias de corrupção e abusos dos gastos  da classe política, o gesto de Wilson repercutirá também em nível nacional.  

Quanto a Pedrossian, cujas aposentadorias têm respaldo legal, diferente de Zeca do PT,  viu algo mais no gesto de Wilson: uma espécie de provocação para atingi-lo. E aí, as acusações e as frases irônicas de Pedro contra a iniciativa de Wilson demonstram bem que apesar do tempo, dos remédios e das limitações físicas, as divergências são infinitamente maiores que as identidades entre ambos.

Assim, ao contrário da imprensa nacional, que deverá dar outro enfoque da renúncia do benefício, nós daqui vemos o episódio com outros olhos: a continuidade da guerra entre aqueles que lideraram o quadro político  do Mato Grosso do Sul por mais tempo.

Tudo leva a crer que o embate verbal deva continuar e que muitos políticos – “Wilsistas e Pedristas” -  vão pegar carona na discussão.  Afinal, tocar neste assunto é garantia de espaço na mídia. De leve...