Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 7 de Maio de 2021

Economia

Consumidores retardatários terão até às 18 horas para fazer compras de Natal

Com o dinheiro curto, a maioria optou por presentes baratos.

Flávio Paes/Região News

24 de Dezembro de 2016 - 08:27

Depois de uma sexta-feira chuvosa, que impediu muita gente de sair de casa para fazer suas compras, o consumidor sidrolandense terá até as 18 horas deste sábado, véspera de Natal, para comprar seus presentes, enfrentar as filas nos supermercados em busca de bebidas e dos ingredientes da ceia de logo mais. 

Mesmo com a crise econômica que assustou os lojistas ao ponto de só 31 (num universo de 200 associados) aderirem a campanha de premiação da Federação das Associações Comerciais, os comerciantes fazem uma avaliação positiva do movimento, se revelou bem menos catastrófico do que se previa. Com o dinheiro curto, a maioria optou por presentes baratos.

“Depois do pagamento do 13º, na terça-feira, o movimento melhorou, porque até o início da semana estava muito parado. Quinta e sexta-feira, as vendas melhoraram bastante”, avalia o presidente da Associação Empresarial, Mário Arruda.

Filas e tumulto, só mesmo nos supermercados, principalmente com consumidores em busca da cerveja e carne do churrasco para as comemorações da noite. O sorteio de prêmios atraiu muita gente ontem à tarde em frente do Nutrimais, se somando aos que foram fazer suas compras. Os supermercados funcionarão até às 20 horas e enquanto houver clientes nas lojas.

Muita gente preferiu se antecipar ao tumulto de véspera natalina e foi ontem comprar os itens da ceia. A dona de casa Marizete Almeida da Silva, por exemplo, foi ao supermercado e levou a filha de 7 anos, Maria Laura, que vai presentear a prima com um vestido, e ganhou uma bicicleta.

Consumidores retardatários terão até às 18 horas para fazer compras de Natal

Foto: Reginaldo Mello/ Região News

Flavia dos Santos saiu com a sobrinha Nataly dos Santos, 9 anos, para ela escolher o presente de natal, um par de tênis. Dona Cristina Ferreira foi a Ideal Shopping comprar a lembrancinha do filho de um ano e de 20 dias.

Consumidores retardatários terão até às 18 horas para fazer compras de Natal

Foto: Reginaldo Mello/ Região News