Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 20 de Outubro de 2020

Economia

Curso ensina empresas sobre como evitar problemas trabalhistas

O consultor Márcio D’Angiolella orientou sobre admissão, vigência da relação empregatícia, recisão de contrato e gestão de conflitos

Daniel Pedra

31 de Outubro de 2012 - 13:10

No âmbito do PDA (Programa de Desenvolvimento Associativo), a Assessoria Sindical da Fiems, em parceria com a CNI, realizou, nesta quarta-feira (31/10), na sede da Incubadora Sindical da Fiems, em Campo Grande (MS), o curso sobre como evitar problemas trabalhistas, ministrado pelo consultor Márcio Antônio D’Angiolella. Ele orientou os empresários a respeito da admissão, vigência da relação empregatícia, rescisão do contrato e gestão de conflitos trabalhistas.

Para Márcio Angiolella, a intenção é difundir a legislação trabalhista entre os empresários para que possam atuar da melhor forma. “Existem problemas que se instalados podem inviabilizar uma empresa, por isso é necessários tomar os devidos cuidados. Essa é uma ação da CNI com o objetivo de fortalecer a representação empresarial”, disse.

O programa do curso aborda temas como as rotinas trabalhistas na admissão, as rotinas trabalhistas na vigência do contrato, as rotinas trabalhistas na rescisão do contrato, a gestão de conflitos trabalhistas e a ação da indústria para a competitividade. A dinâmica do curso lança mão do modelo perguntas e respostas, antes de apresentar cada tópico do programa, o consultor faz perguntas para verificar os conhecimentos e experiências dos participantes.

O consultor, que é advogado e desenvolveu a carreira em diversas empresas, também atua em gestão e planejamento estratégico de passivo empresarial, gestão administrativa/operacional de profissionais e recursos internos e externos. Segundo a assessora sindical do Sistema Fiems, Camila Alves, o curso também foi importante para disseminar a legislação trabalhista. “Além disso, é importante estimular o envolvimento do empresário, por meio do sistema de representação da indústria, para buscar a modernização desta legislação específica”, declarou.

O empresário e presidente do Simec (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, mecânicas e de Material Elétrico de Corumbá), Lourival Vieira Costa, acredita que é fundamental estar em constante atualização, acompanhando as alterações da legislação. “Para um bom funcionamento da empresa, precisamos nos adequar para atender da melhor forma”, afirmou. Da mesma forma pensa a empresária Silvana Gasparini Pereira, da Imbaúba Laticínios. “Seguindo a legislação de forma correta fica bom para a empresa e também para o funcionário. Isso acarreta numa série de benefícios, o funcionário fica mais satisfeito e produtivo”, ressaltou.

Já a assistente de recursos humanos da Real Food, Regina Gama, acredita que conhecer as regras ajuda a amortecer o índice de ações trabalhistas. “Minha função também é ser multiplicadora dessas informações na empresa para que todos estejam cientes e possamos agir de acordo com a lei e trabalhar para diminuir essas ações”, disse.