Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 17 de Junho de 2024

Economia

Dólar encerra em queda e fica abaixo de R$ 2 nesta segunda-feira

Moeda americana não fechava abaixo de R$ 2 desde 29 de maio deste ano. Com queda de 1,1%, divisa terminou a R$ 1,9874.

G1

02 de Julho de 2012 - 17:00

Depois de abrir em alta no pregão desta segunda-feira (2), o dólar encerrou com desvalorização e abaixo dos R$ 2. O patamar não era alcançado desde 29 de maio deste ano, quando a moeda fechou a R$ 1,9864. O dólar caiu 1,1%, para R$ 1,987. No ano, a moeda acumula queda de 6,4%.

Influenciaram a cotação da moeda norte-americana, a notícia de que a Finlândia irá impedir que o fundo de resgate permanente da zona do euro compre títulos governamentais nos mercados secundários.

Além disso, foi divulgado hoje o índice de desemprego na União Europeia no mês de maio, que atingiu o maior nível desde 1995.

Em relação ao Brasil, repercutiu no mercado a pesquisa Focus, do Banco Central, que confirmou uma nova rodada de queda das projeções para atividade e inflação.

Leilões da semana passada
"O mercado hoje representa o que aconteceu no fim da semana passada. O BC intercedeu barbaridade com aqueles três leilões, e isso deu uma acalmada no mercado", afirmou o diretor de câmbio da Pioneer Corretora, João Medeiros. Diante da forte aversão ao risco vista na semana passada antes da cúpula da União Europeia (UE) e com o dólar se aproximando de R$ 2,10, a autoridade monetária fez três leilões de swap cambial tradicional -operação que equivale a uma venda de dólares no mercado futuro-, movimentando quase US$ 9 bilhões no mercado.

"O comportamento do BC na última semana deixou claro que ele não gosta do dólar a R$ 2", afirmou o economista-chefe da CM Capital Markets, Darwin Dib, destacando que tal interpretação estava deixando os investidores cautelosos para apostar na valorização do dólar.