Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 17 de Outubro de 2021

Economia

Enersul contra-ataca em protesto de clientes contra reajuste de energia

A ideia, que registrou ampla adesão nas redes sociais, era levar equipamentos usados e montar uma escultura

Campo Grande News

11 de Abril de 2011 - 10:00

Enersul contra-ataca em protesto de clientes contra reajuste de energia
Enersul contra-ataca em protesto de clientes contra reajuste de energia - Foto: Jo

O grupo que protesta contra o reajuste de 18% na conta de energia foi recepcionado pela PM (Polícia Militar) e por um contêiner do programa de reciclagem de eletrônicos hoje na Enersul, em Campo Grande.

A ideia, que registrou ampla adesão nas redes sociais, era levar equipamentos usados e montar uma escultura. O “troféu” seria entregue à empresa simbolizando que o reajuste foi abusivo e impede o uso de aparelhos eletroeletrônicos.

As pessoas se recusaram a colocar os aparelhos no contêiner do “Programa de educação ambiental – destinação correta de resíduos para a reciclagem”, que foi disponibilizado pela empresa.

“Eu sabia que eles iam armar alguma coisa. Achei esse contêiner inoportuno”, afirma o bancário Leonardo Salgado Soldati, de 28 anos.

No protesto, foram levados dois ventiladores, dois videocassetes, parte de um parelho de som, dois ferros de passar e uma secador.

O número de participantes também frustrou a organização. “A mobilização foi muito grande. Esperavam de 30 a 40 pessoas”, relata o publicitário Paulo Guilherme Martins, de 28 anos. Onze pessoas compareceram.

Com nariz de palhaço e alto falante, eles questionaram a nova tarifa. Os eletrônicos foram levados de volta e o grupo terá reunião na próxima semana. Como o sucesso da mobilização foi maior no mundo virtual, eles preparam um protesto uma petição online contra o reajuste.

A assessoria de imprensa da Enersul informou que a polícia foi acionada para organizar o trânsito na avenida Gury Marques, na saída para São Paulo, em frente à empresa. Cinco policiais, em duas viaturas, foram ao local. A empresa nega o contra-ataque e informa que o contêiner faz parte de um programa educativo.

Maior – Nesta semana, a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) autorizou reajuste médio de 17,49%. A Enersul pedia um amento de 17,56%. Para os consumidores de baixa tensão, que correspondem à grande maioria, o reajuste foi ainda maior: 18,57%.

O percentual aprovado para o reajuste da Enersul é o maior entre as 10 concessionárias de energia que estão tendo reajustes aprovados neste mês.