Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 23 de Janeiro de 2021

Economia

Geração de empregos formais em MS cai 62,9% no mês de novembro

O número é 62,9% menor que o registrado em outubro no estado, de 774 empregos com carteira assinada.

G1

20 de Dezembro de 2012 - 09:55

Mato Grosso do Sul gerou 287 postos de trabalho formais em novembro de 2012, conforme dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados nesta quarta-feira (19) pelo Ministério do Trabalho. O número é 62,9% menor que o registrado em outubro no estado, de 774 empregos com carteira assinada.

Segundo o Caged, os postos de trabalho gerados no comércio (920) e na indústria de transformação (362) em novembro ajudaram a compensar o saldo negativo na construção civil (-570 postos) e na agropecuária (-532 postos). O saldo de novembro de 2012 foi bem melhor que o do mesmo mês de 2011, que registrou valor negativo de 1.285 postos de trabalho.

De janeiro a novembro de 2012, foram criados 32.215 empregos formais em Mato Grosso do Sul, crescimento de 7,1% no estoque de assalariados.

Nos últimos 12 meses, o acréscimo foi de 4,8% ou 22.246 postos de trabalho.

Municípios

Campo Grande segue na liderança do ranking dos municípios sul-mato-grossenses com mais de 30 mil habitantes. Segundo o Caged, a capital do estado registrou saldo de 683 postos de trabalho formais. Na sequência dos municípios com saldo positivo, vem Dourados (229), Três Lagoas (109), Coxim (24) e Ponta Porã (3).

Entre os que tiveram valor negativo na geração de empregos, estão Aquidauana (-26), Nova Andradina (-39), Naviraí (-83), Paranaíba (-89) e Corumbá (-137).