Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 21 de Junho de 2024

Economia

MS criou em junho 1.459 empregos com carteira assinada, aponta Caged

O número é menor que o registrado em maio, que teve 3.222 empregos com carteira assinada

G1 MS

24 de Julho de 2012 - 08:05

Mato Grosso do Sul teve criação de 1.459 postos de trabalho formais em junho, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado ontem pelo Ministério do Trabalho. O número é menor que o registrado em maio, que teve 3.222 empregos com carteira assinada.

Segundo o Ministério do Trabalho, os setores do estado que se destacaram em junho foram indústria de transformação (572 postos), agropecuária (542 empregos) e serviços (381). Já o setor da construção civil sofreu redução, com 127 demissões no período.

Com este resultado, Mato Grosso do Sul fechou o primeiro semestre de 2012 com saldo de 22.971 postos de trabalho formais, de acordo com o Caged. Em comparação com os meses de junho de outros anos, este foi o pior desde 2007, mês que teve saldo positivo de 298 postos com carteira assinada.

Municípios
Três Lagoas lidera o ranking estadual de junho do Caged com saldo de 277 postos de trabalho formais, fazendo relação entre admissões e demissões.

Conforme o Ministério do Trabalho, em segundo, aparece Naviraí com saldo de 222, seguida por Dourados (203), Paranaíba (156) e Corumbá.

Campo Grande teve mais demissões que geração de empregos no período e fechou com saldo negativo de 318, ficando em 10º no ranking de Mato Grosso do Sul.