Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 16 de Outubro de 2021

Economia

Policiais militares querem reajuste de 15% e reunião com Puccinelli

Campo Grande News

09 de Abril de 2011 - 11:34

Os policiais militares vão propor reajuste de 15% e antecipação da aplicação de tabela progressiva de vencimentos de 2013 para 2011. As propostas foram definidas ontem em reunião da Associação de Cabos e Soldados da PM (Polícia Militar) e bombeiros, realizada na Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação).

De acordo com o vice-presidente da associação, Cláudio Souza, a categoria aguarda reunião com o governador André Puccinelli (PMDB). No entanto, o governador já antecipou que foi orientado a aplicar reajuste zero ao salário dos funcionários públicos.

“Ele não nos informou de forma institucional, estamos sabendo pela mídia. Mas não vamos aceitar reajuste zero”, afirma Cláudio. Pela proposta da categoria, o salário de um soldado passaria de R$ 1.785 para R$ 2 mil.

De acordo com o governo, Mato Grosso do Sul pode sofrer sanções na liberação de recursos e no pagamento da dívida externa caso não controle a folha de pagamento. Para evitar o estouro das contas, a Secretaria de Tesouro Nacional orientou o governador a conceder reajuste zero.

Em 2007, quando Pucinelli assumiu o comando do Estado, os salários dos servidores ficaram congelados. No ano passado, o aumento salarial dos servidores variou entre 5% e 11,77%, com impacto de R$ 8 milhões na folha de pagamento. Válido para este ano, o governo concedeu reajuste de 6% aos professores.