Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 27 de Outubro de 2021

Economia

Produtores começam a colheita da soja em Dourados

Diario MS

25 de Fevereiro de 2011 - 09:37

Produtores da região da Grande Dourados já começaram a colher a soja e estão com boas expectativas de rendimento. Mesmo com o longo período de chuvas, que acabou atrasando a colheita, as perdas não deve ser significativas, acredita o presidente da Aeagran (Associação dos Engenheiros Agrônomos da Grande Dourados), Bruno Andrade Tomasini.


“Tivemos algumas perdas, mas ainda são muito pequenas. A expectativa para os próximos dias é muito boa”, afirma Tomasini, confirmando que os produtores esperam, nesta safra, uma média acima dos índices de rendimento apresentados pelos prognósticos para Mato Grosso do Sul.


De acordo com estimativas do engenheiro agrônomo, Ângelo Ximenes, Dourados e região não devem tem rendimento médio abaixo de 3.180 kg/ha, número superior do apresentado na estimativa do IBGE (2.900 kg/ha) e da Conab (3.050 kg/ha) para o Estado.


Mesmo sem grandes perdas, as lavouras acabaram um pouco prejudicadas com o excesso de chuva de fevereiro. A semeadura do milho safrinha, por exemplo, está atrasada. “Acaba sendo uma conseqüência. Com o atraso da colheita, o plantio do milho safrinha também é adiado”, coloca o presidente da Aeagran.


Por enquanto, a previsão é de que o tempo colabore com a colheita, que deve seguir até o meio de março. Se isso se confirmar, os produtores terão muitos motivos para comemorar os resultados da safra de soja 2010/11, afirmam os especialistas.

SUPER SAFRA

A chuva que preocupou na colheita também foi aliada durante o plantio de soja. As precipitações vieram na dose certa durante a germinação das sementes e no desenvolvimento da planta nesta safra.


Com isso, a expectativa é de que a região da Grande Dourados tenha resultados positivos na safra de verão e que os produtores tenham um ótimo lucro, por conta dos preços elevados até as vésperas da colheita.


“A vantagem deste ano é, com certeza, o preço. Tivemos uma pequena queda, mas isso já era esperado neste período. Mesmo assim os valores estão ótimos. Agora é aguardar para ver se haverá uma nova queda e como será o andamento dos preços nos próximos dias”, afirma o presidente da Aeagran.


De acordo com a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) a produção de soja nesta safra deve ser 7,1% superior à safra passada, saltando de 5,3 milhões de toneladas para 5,6 milhões em MS. A área plantada também aumentou de 1,71 milhão para 1,86 milhão, um acréscimo de 8,9%.


Levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostra que produção de soja na safra 2010/11 deve chegar a 5,08 milhões de toneladas plantadas em uma área de 1,75 milhão de hectares.