Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 26 de Setembro de 2020

Esporte

Bonito e Sidrolândia fecham calendário do mountain bike no Estado

MTB Piana Park, no dia 15 deste mês, agitou a tradicional Fazenda Piana, em Sidrolândia, com seis horas de pedal.

Assessoria de Imprensa

24 de Dezembro de 2019 - 10:13

Bonito e Sidrolândia fecham calendário do mountain bike no Estado

Os amantes do esporte de aventura sobre duas rodas puderam participar de duas provas de alto grau de complexidade e adrenalina no fechamento do calendário 2019 do mountain bike (MTB) em Mato Grosso do Sul. O Bonito MTB Solidário, realizado em 8 de dezembro, arrecadou fundos para a Escola Especial Caminhos da Esperança, vinculada à Associação Pestalozzi do município, com a participação de aproximadamente 630 ciclistas.

Já o MTB Piana Park, no dia 15 deste mês, agitou a tradicional Fazenda Piana, em Sidrolândia, com seis horas de pedal e interação entre ciclistas e suas respectivas famílias a cada volta. Ambos os eventos tiveram o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

Paraíso turístico

Bonito é o paraíso perfeito para quem aprecia belezas naturais. Além do ecoturismo, a cidade, distante a 298 quilômetros de Campo Grande, já entrou no rol das provas de mountain bike no Estado. No segundo domingo do último mês do ano, mais de seis estados foram representados, além de atletas do Paraguai e da Bolívia, no Bonito MTB Solidário.

"Os atletas querem conhecer novos lugares e Bonito proporciona isso, um ambiente difícil de pedalar, eles gostam disso, conseguimos. Esse pessoal nos ajuda a divulgar o ecoturismo aliado ao esporte de aventura", destaca Afonso Brandão, organizador do evento, acrescentando que, ano após ano, os ciclistas querem ser mais desafiados no percurso. "Quando o desafio é diferente, ele terá história para contar aos amigos, filhos e netos. Ninguém quer moleza".

"O apoio do Governo do Estado foi importantíssimo, é um parceiro que a gente sempre precisa. Nós sabemos a condição financeira atual do nosso país, mas entregamos um projeto e mostramos com antecedência o que seria essa prova, e o diretor-presidente Marcelo Miranda, junto ao Paulo Ricardo, abraçou a ideia. O que eu pedi, foi atendido", ressalta Brandão.

"Percurso muito bem organizado e sinalizado, não teve como se perder, além da hidratação excelente com água gelada em todos os pontos. Bonito, além das belezas naturais que a caracteriza, tem ficado marcada como uma cidade de excelência na organização de eventos de mountain bike", pontua o assessor de gabinete da presidência da Fundesporte e assíduo fã de ciclismo, Paulo Ricardo Nuñez.

Na categoria turismo, com trajeto de 28 quilômetros, inscreveram-se 150 pessoas. Na Sport, mais de 300 participantes desfrutaram de 56 quilômetros intensos e deslumbrantes. A pró, com 86 quilômetros, reuniu 50% de atletas de elite, dentre eles Josimar Schimanski, integrante do programa Bolsa-Atleta, da Fundesporte. O sul-mato-grossense encerrou a prova com a medalha de prata. "Foi uma das provas mais bem organizadas do ano, com percurso muito bom, de estradas, trilhas, subidas boas", salienta.

Schimanski treina seis vezes por semana e pedala em torno de 100 quilômetros por dia. "Quando tenho alguma competição em vista, treino de dois mil a 2,5 mil km por mês e o apoio da Fundesporte é fundamental para me ajudar a manter essa intensidade de treinos, vem agregar no custeio de competições e também na alimentação do dia dia".

Circuito de cross country

O 6h MTB Piana Park foi realizado no formato de circuito de cross country, no qual o objetivo foi completar o maior número de voltas dentro do prazo de seis horas. A prova sidrolandense teve percurso 6,5 quilômetros, em meio a trilhas, picadas, estradas de terra, grama, formado por obstáculos naturais e artificiais como subidas, descidas, single trackrock garden e outros, em que os atletas tiveram de superar sem apoio externo.

A chuva que caiu no dia tornou a prova ainda mais desafiadora, com diversos trechos escorregadios nas primeiras horas, exigindo significativo preparo físico dos participantes. O circuito foi disputado nas categorias solo, em duplas, quartetos e sextetos, em ambos os gêneros. Foram premiados em pódio os cinco primeiros atletas de cada categoria. A organização também concedeu medalha de participação a todos os ciclistas no final da prova.